Rio recebe maior mostra de arte contemporânea africana este mês


O CCBB Educativo (Centro Cultural Banco do Brasil) do Rio, apresenta a partir do próximo dia 20 de janeiro,  a “EX África”, maior mostra de arte contemporânea africana já realizada no Brasil. Estão previstas visitas mediadas, contação de histórias e espaço sensorial para criancas e até bebês. O CCBB Rio de Janeiro fica à Rua Primeiro de Março, 66 – Centro. Entrada franca.Classificação indicativa: Livre. Informações: (21) 3008-2020.

O evento é direcionada às escolas, associações, Ongs entrr outras instituições que podem agendar previamente ligando de quarta a sexta-feira para 3808 2070 e 3808 2254 – até 44 pessoas. 

Pessoas com autismo, síndrome de Down, deficiência intelectual e com baixa mobilidade contam com um roteiro que permite interação com a exposição. Serão oferecidos jogos, objetos tridimensionais e lúdicos, além de histórias que, em sintonia com a exposição, contam um pouco sobre as obras. 

A partir de 27/01, serão permitidos  agendamento para grupos de  no mínimo dez e no máximo 20 pessoas e devem ser feitos pelos telefones 3808 2070 e 3808 2254).

Pessoas com deficiência visual ou baixa visão contam com um roteiro onde há experiências táteis e descrições afetivas,  a partir de 29/01, todas as segundas, às 13h. Classificação indicativa: Livre.

 As visitas mediadas em Libras (Língua Brasileira de Sinais), ocorrem as segundas, quartas, quintas e sextas às 16h, com grupos de até 20 pessoas. Classificação indicativa: Livre.

Também há opções infantis. As crianças que participam do “Pequeníssimas mãos” viajam para a África, mais precisamente para a cidade de Lagos, na Nigéria, com as histórias da menina Vivi, que conta como foi sua viagem por lá com seus pais. Narra o que viu, quais as semelhanças com o Brasil. Fala da estética, dos materiais, das referências musicais, sempre relacionando com a “Ex África”. Com muita música e poesia a atividade propõe uma experiência de fruição no campo da arte para os bebês que, desde cedo, são convidados a frequentar os espaços culturais. (Data: 27 e 28 de janeiro - às 14h (bebês que não andam) e às 15h (bebês que andam). Local: Espaço Educativo, 1º andar. Classificação indicativa: 0 a 2 anos e 11 meses. As senhas são distribuídas 30 minutos antes no Programa Educativo, 1º andar. As vagas são limitadas).

Já o “Pequenas Mãos” oferece visitas lúdicas com os educadores e estimula as crianças a criarem novas narrativas. O fio condutor é a oralidade, baseada no conceito africano do Ubuntu, fundamentado no senso da coletividade. Durante a visita, as crianças de 3 a 6 anos interagem com as obras, têm contação de histórias e são estimuladas a criarem suas próprias narrativas a partir do que veem. Podem reproduzir desenhos, se espalham pelo chão, recontam as histórias e recebem materiais para criarem suas próprias cidades. Visitas abertas: sábados, domingos e feriados, às 14h. Limite de público: até 20 pessoas. Classificação indicativa: 3 a 6 anos. Saída do Programa Educativo, 1º andar. Grupos Fechados: público alvo: escolas, instituições, associações, ONGs e outros. Limite de público: mínimo de 10 e máximo de 20 crianças. Classificação indicativa: 3 a 6 anos. Agendamento pelos telefones:3808-2070 e 3808-2254).

Visitas mediadas abertas - Para o público em geral o ocorrem de segunda a sexta-feira (exceto terças) às 11, 17 e 18h:30. Aos sábados e domingos às 12 e às 18h:30. Classificação indicativa: livre.

Além das visitas abertas, poderão ser agendadas para grupos de pessoas com autismo, síndrome de Down, deficiência intelectual e com baixa mobilidade em um roteiro que permite interação com a exposição, no qual serão oferecidos jogos, objetos tridimensionais e lúdicos. Para aqueles com deficiência visual ou baixa visão haverá um roteiro com experiências táteis e descrições afetivas. Para deficientes auditivos haverá visitas mediadas em Libras (Língua Brasileira de Sinais). 

As obras expostas, incluem fotografias, instalações, pinturas, música, performances e videoinstalações com temas variados, que mostram uma África que não se limita às fronteiras geográficas e se irradia pelos continentes. Influências como o afro futurismo e o naija pop permearão as atividades. 

A aproximação com os trabalhos de múltiplas temporalidades tem o intuito de despertar novas leituras sobre as culturas afro e afro-brasileira. 

Serviço Data: 20 de janeiro a 26 de março Hora: 9h às 21horas Local: CCBB Rio de Janeiro (Rua Primeiro de Março, 66 – Centro) Ingresso: Entrada franca Classificação indicativa: Livre Informações: (21) 3008-2020 Assessoria de Imprensa: IAA Comunicação e Eventos – (21) 2533 6614 Daniella Fernandes – 21-987796594 Ivan Accioly – 21-992268999 


9 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now