Queimados publica orçamento  para 2018


Entre as secretarias que mais receberão verbas estão educação e saúde. No entanto, governo também faz estimativa de gastos significativos com o Instituto de Previdência

A prefeitura de Queimados publicou na última sexta, 18, seu Orçamento para este ano de 2018 e estima os gastos públicos em R$ 309.140.830.60 (Trêzentos e nove milhões, cento e quarenta mil, oitocentos e trinta reais e sessenta centavos) para o poder executivo e R$ 9.109.169,40 (nove milhões, cento e nove mil, cento e sessenta e nove reais e quarenta centavos) direcionados para o poder legislativo. Totalizando: R$ 318.250.000,00 (trezentos e dezoito milhões, duzentos e cinquenta mil reais).

Vale ressaltar, que o valor estimado, não significa que será gasto pelo poder executivo que deverá seguir a lei de responsabilidade fiscal que prevê gastos de no máximo 56% com a folha de pagamento, por exemplo. Explicou o prefeito Carlos Vilela que já foi secretário de fazenda nos governos anteriores da cidade. "Esta é uma estimativa de gastos. É uma previsão do que precisamos para desenvolver as políticas públicas na cidade, claro que iremos gastar de acordo com nossa arrecadação de impostos e também através dos repasses federal e estadual", explicou.

Entre as secretarias de governo que mais receberão verbas estão: Educação com R$ 90. 181.398,00 (noventa milhões, cento e oitenta e um mil, trezentos e noventa e oito mil e quarenta e cinco reais), seguida da secretaria municipal de saúde com R$ 80.304.030,54 (oitenta milhões, trezentos e quatro mil, trinta reais e cinquenta e quatro centavos). Em terceiro lugar ficou a secretaria municipal de administração com R$ 43.119.996,81 (quarenta e três milhões, cento e dezenove mil, novecentos e noventa e seis reais e oitenta e um centavos).

Outra grande parte grande dos gastos vai para o Instituto de Previdência que tem previsão de orçamento de R$ 37.000.000,00 (trinta e sete milhões de reais) e Assistência Social com R$ 7.651.350,80 (sete milhões, seiscentos e cinquenta e um mil, trezentos e cinquenta reais e oitenta centavos). O restante dos gastos com as outras secretarias não passam de dois milhões. Veja o quadro completo no Diário oficial publicado aqui.

Divisão do orçamento por programas de governo

Entre os 36 programas de governo, o destaque vai para o programa Escola Para Todos desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação que tem orçamento de R$ 90.181.399,45 (noventa milhões, cento e oitenta e um reais, trezentos e noventa e nove reais e quarenta e cinco centavos). Praticamente todo o orçamento da secretaria. Seguido do programa de Atenção em Saúde com R$ 46.131.968,55 (quarenta e seis milhões, cento e trinta e um mil, novecentos e sessenta e oito reais e cinquenta e cinco centavos) e também o programa de Gestão Administrativa e Previdência com R$ 36.749.998,00 (trinta e seis milhões, setecentos e quarenta e nove mil, novecentos e noventa e oito reais).

Outro programa que também irá gastar bastante será o programa de Gestão Administrativa FMS com R$ 32.987.047,99 (trinta e dois milhões, novecentos e oitenta e sete mil, quarenta e sete reais e noventa e nove centavos), além do Espaço Urbano com previsão de orçamento de R$ 21.640.011,00 (vinte e um milhões, seiscentos e quarenta mil e onze reais).

Ainda segundo Decreto do prefeito Carlos Vilela, o cronograma de desembolso de transferências financeiras feitas pelo Município ao Poder Executivo, ao Poder Legislativo e às Unidades Gestoras do Executivo será no valor total de R$ 49.509.169,40 (quarenta e nove milhões quinhentos e nove mil cento e sessenta e nove reais e quarenta centavos), sendo: R$ 9.109.169,40 (nove milhões cento e nove mil cento e sessenta nove reais e quarenta centavos) para o Poder Legislativo, R$ 5.400.000,00 (cinco milhões e quatrocentos e mil reais) para o Fundo Municipal de Assistência Social e R$ 35.000.000,00 (trinta e cinco milhões) para o Fundo Municipal de Saúde e integram os quadros complementares citados no art.11 da Lei nº 1.426/17 de 13 de dezembro de 2017.

#orçamento #queimados #2018

61 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now