Capoeira entra na grade de cursos gratuitos oferecidos pela prefeitura de Queimados


Capoeira é um jogo, uma luta ou um modo de vida. Estas e outras máximas da tradição dos negros no Brasil será de conhecimento de todos os jovens que quiserem aprender um pouco mais sobre Capoeira. Este ano a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Queimados estará oferecendo a modalidade entre seus cursos gratuitos previstos para começarem em março deste ano. A novidade faz parte de uma parceria com o projeto Viva Melhor sediado no bairro Santo Expedito.

As inscrições para o curso de capoeira serão abertas logo após o carnaval e será realizado às terças, quintas e sábados, para pessoas a partir de sete anos de idade. Agora, o CEU oferecerá 24 atividades a população e vai abrir para 2018 mais de mil vagas no total.

Não há idade para jogar capoeira. O pequeno Caio Gonçalves, de apenas 9 anos, também recebeu o cordel. Ele mora no Santo Expedito e, segundo sua mãe, Samara Gonçalves, ele gosta muito de participar das atividades: “Ele é pequeno ainda, mas quando chega o dia das aulas ele fica muito feliz. Não faz as aulas forçado, faz porque gosta”, disse.

O projeto existe há cerca de dois anos no bairro Santo Expedito e tem mudado a vida de crianças, adolescentes e adultos no local. “Estendemos que a capoeira é um instrumento social, uma forma de inclusão, por isso tem feito a diferença na vida de muitos”, disse Roberto Pequeno, o mestre Aguerê, responsável pelo “Viva Melhor”.

O secretário municipal de Cultura e Turismo, Marcelo Lessa, ressalta a importância da inclusão da capoeira para a população: “Nós estamos conseguindo mudar a realidade de muitas pessoas com os diversos cursos que oferecemos e os capoeiristas vão chegar para somar. É um projeto muito bacana. Outra novidade é que o prefeito Carlos Vilela me deu carta branca para levarmos outros cursos para a população do Santo Expedito e adjacências, com o objetivo de preparar jovens e adultos da localidade” disse.

No último sábado, a população teve uma amostra grátis do projeto Viva Melhor com a troca de cordel (tipo de graduação) de 30 capoeiristas. O evento ocorreu no CEU-Planeta Futuro no bairro São Roque. O evento contou com a apresentação de mais de 100 capoeiristas do projeto e danças típicas dos negros com música ao vivo.


13 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now