Informe Epidemiológico - Febre Amarela


A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro realizou um estudo epidemiológico na região este ano e registrou 47 casos da doença no estado silvestre em humanos. A Secretaria ressalta que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos. Ao encontrar macacos mortos ou doentes (animal que apresenta comportamento anormal, que está afastado do grupo, com movimentos lentos etc.), o cidadão deve informar o mais rápido possível às secretarias de Saúde do município ou do estado do RJ. A Secretaria reforça a importância das pessoas que ainda não se vacinaram buscarem um posto de saúde próximo de casa para serem imunizadas. O boletim leva em consideração o Local de Provável Infecção (LPI). Para mais informações sobre a doença acesse www.febreamarelarj.com.br.compartilhar Twitter Facebook voltarvoltar.

Alguns municípios da Baixada Fluminense como Queimados, Nova Iguaçu, Magé, entre outros estão oferecendo até vacinação itinerante. Em Queimados um ônibus irá levar a vacina para vários bairros a partir desta quarta-feira (7). Uma uma van itinerante passará pelos bairros Centro, Nova Cidade, São Simão e Três Fontes até o encerramento da campanha, na próxima sexta-feira (9). Além disso, 20 unidades de saúde seguem oferecendo a vacina. Na última semana, mais 50 mil doses de vacinas fracionadas chegaram ao município, elevando para 70 mil doses o número em estoque.

Relação Geral dos casos de Febre Amarela no Estado do Rio de Janeiro:

- 7 casos - Teresópolis, sendo quatro óbitos

- 14 casos - Valença, sendo cinco óbitos

- 6 casos - Nova Friburgo, sendo três óbitos

- 1 caso - Petrópolis

- 1 caso - Miguel Pereira, sendo um óbito

- 2 casos - Duas Barras

- 2 casos - Rio das Flores, sendo dois óbitos

- 1 caso - Vassouras

- 4 casos - Sumidouro, sendo um óbito

- 3 casos - Cantagalo, sendo dois óbitos

- 1 caso - Paraíba do Sul, sendo um óbito

- 2 casos - Carmo, sendo um óbito

- 1 caso - Maricá

- 1 caso - Angra dos Reis, sendo um óbito

- 1 caso – Paty do Alferes

Número de localidades com casos confirmados de febre amarela em macacos:

- 1 epizootia - Niterói

- 1 epizootia - Angra dos Reis (Ilha Grande)

- 1 epizootia - Barra Mansa

- 1 epizootia- Valença

- 1 epizootia - Miguel Pereira


9 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now