Baixada tem duas escolas campeãs


Foto de divulgação

A Baixada está em festa, além da grande campeã do carnaval carioca pelo grupo especial, Beija-Flor de Nilópolis, Madureira também ascendeu subindo para o grupo C com a escola Acadêmicos de Madureira como vice-campeã da Série D com o enredo: "Berço do Samba, do Jongo á Capoeira… Chegou Madureira!”.

A escola desfilaria pela primeira vez em 2014, como bloco de enredo, pela Federação dos Blocos Carnavalescos do Estado do Rio de Janeiro, em vaga que anteriormente era da Infantes da Piedade, que teve a sua razão social transferida para a formação do novo bloco, porém, devido a problemas de logística, não conseguiu entrar na avenida.

Em Setembro de 2013, foi inaugurada a quadra do bloco, próximo das duas escolas de samba. Em 2015, a convite da Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro, desfilou pelo recém-criado Grupo de Avaliação, na Estrada Intendente Magalhães. Para 2016, Josimar Viana reassumiu a presidência e anunciou a diretora de carnaval, comandada por Carla Campista a criação da Comissão de Harmonia, composta por Marco Antônio "Marcão" e Luis dos Santos, todos ligados ao Prêmio Samba na Veia. Um terceiro nome havia sido anunciado na harmonia, Henrique Bianchi, mas se desligou antes do Carnaval. Após o Carnaval, a agremiação perdeu seu carnavalesco Noam Hilton, vítima de meningite. As três primeiras subiram e as cinco últimas desceram.

Veja o novo quadro:


12 visualizações0 comentário