Leandro Santanna estreia a peça  ‘Lima entre nós no SESC Tijuca


O ator Leandro Santanna estou no último final de semana no SESC Tijuca a peça: ‘Lima entre ​nós​’. Um solo interpretado que homenageia o escritor Lima Barreto A peça ‘Lima entre nós - estudo compartilhado - a atualidade de Lima Barreto’ fica em cartaz até o final do mês, às sextas, sábados e domingos, às 19h. O monólogo é um tributo ao escritor e cronista Lima Barreto e conta com a direção de Márcia do Valle. A atualidade da obra do autor é o mote do espetáculo solo, que pretende despertar reflexões e debates sobre o papel do negro na literatura e na cultura do Brasil. O ingresso custa R$ 30 inteira e R$ 15. Meia entrada e ainda R$ 7.50 para sócios do SESC. Com 22 anos de carreira, Leandro Santanna, ator, produtor e diretor da Companhia Teatral Queimados Encena, alimentou por muito tempo o desejo de fazer um tributo a Lima Barreto. A ideia ganhou forma depois do encontro com Beatriz Resende, pesquisadora e autora de diversos trabalhos e livros sobre o escritor, e Lilia Schwarcz, historiadora e autora do livro ‘Lima Barreto - Triste visionário’, durante a FLIP (Feira Literária Internacional de Paraty) de 2017, que também homenageou o escritor.

O solo sai agora do forno, com primeira estreia no Rio de Janeiro e o desejo de despertar, entre jovens e adultos, a discussão sobre o espaço que escritores e artistas negros ocupam no cenário cultural e literário brasileiro, quase cem anos depois da morte de Lima Barreto. A palavra nós escolhida para compor o título da peça tem um valor simbólico destacado, não só por servir ao desejo de revelar a complexa teia em que se apoia o racismo estrutural brasileiro, como também pelo propósito de aproximar o célebre autor, tantas vezes ignorado, do público. Afinal, aquele que foi um dos maiores nomes da literatura brasileira chegou a ser internado no Hospício Nacional de Alienados, o antigo Hospício Pedro II, penetrando o universo socialmente considerado da loucura, que tão bem descreve na obra ‘Diário do hospício’.

Terá sido a lucidez de Lima Barreto um elemento perturbador à sociedade carioca do início do século XX? E não continua a sê-lo? Afonso Henriques de Lima Barreto, nascido no Rio de Janeiro no dia 13 de maio de 1881, foi um homem negro que, no alvorecer do século XX, escreveu artigos em defesa das mulheres, criticou ferozmente a República Brasileira e opôs-se aos modismos internacionais que dominavam sua época em detrimento dos hábitos e costumes de nossa matriz cultural.

Como amanuense da secretaria da guerra, fez diversas críticas ao funcionalismo público e à classe política do país, que mantinha os privilégios das famílias aristocráticas. A sua obra teve como propósito despertar alternativas que renovassem a realidade social do seu tempo, sempre destacando os mais desfavorecidos. Faleceu precocemente no dia 1 de novembro de 1922, aos 41 anos, também no Rio.

Leandro Santanna, sob a luz de Lima, comemora seus 22 anos de carreira. O ator faz uma apresentação sensível e ao mesmo tempo perturbadora desse Lima Barreto que está entre nós, Brasil do início do século XXI, numa parceria com a diretora do espetáculo, também atriz e produtora, com mais de 30 anos de carreira. Márcia do Valle recebeu prêmios hoje extintos, como Mambembe e Coca Cola, além de participações em novelas e trabalhos em curta metragens. Recentemente dirigiu o pocket-show-teatral ‘Mona canta Dalva’, homenagem ao centenário da cantora Dalva de Oliveira e o premiado ‘Urucuia grande sertão’, adaptação de conto do nosso mestre folclorista Luis da Câmara Cascudo.

_Desde a minha entrada na Escola Politécnica que venho caindo de sonho em sonho e, agora que estou com quase quarenta anos, embora a glória me tenha dado beijos furtivos, eu sinto que a vida não tem mais sabor para mim. Não quero, entretanto, morrer; queria outra vida, queria esquecer a que vivi, mesmo talvez com perda de certas boas qualidades que tenho, mas queria que ela fosse plácida, serena, medíocre e pacífica, como a de todos… (Lima Barreto)

CONTATOS santannaproducoesartisticas@gmail.com | (21) 99391-7069 | (21) 98433-3677 samiaoliveirasamia@gmail.com | (21) 99516-8338

SERVIÇO Local: SESC Tijuca - Rua Barão de Mesquita, 539, Rio de Janeiro

Data: sextas, sábados e domingos do mês de março

Horário: 19h

Valor: R$ 30,00 INTEIRA / R$15,00 MEIA / R$7,50 SÓCIOS DO SESC

Telefone: (21) 3238-2139

FICHA TÉCNICA INTÉRPRETE - Leandro Santanna ROTEIRO - Leandro Santanna e Marcia do Valle DIRETORA - Marcia do Valle DIREÇÃO DE ARTE - Marcelo Viégas ILUMINAÇÃO - Paulo Cesar Medeiros TRILHA SONORA ORIGINAL - Marcelo Palhares VIOLONCELOS - Vanja Dee ARTE FINAL - Beá Meira PREPARAÇÃO CORPORAL - Laura Samy DIREÇÃO DE MOVIMENTO - Marcia do Valle PRODUÇÃO - Samia Oliveira ASSISTENTE DE PRODUÇÃO - Gleice Queli MODELISTA - Rose Kelly CENOTÉCNICO - Uel Barros ASSESSORIA DE IMPRENSA - Inês Carreira FOTOS - Walter Mesquita MÍDIAS SOCIAIS - Letícia de Morais O INTÉRPRETE CINEMA – Participação em curtas de cineastas como Miguel Prewodowski e Rosane Svartman, e nos longas “Preto no Branco", “Made In China” e “Filhos de Bach”; TV – Participações especiais em Malhação, Cama de Gato, O Astro, Cordel Encantado, Boggie Oggie, Império, Babilônia,Filhos da Pátria e participação fixa na trama de Avenida Brasil, com o personagem ‘Herculano’; TEATRO – Atuação em aproximadamente 30 espetáculos, entre eles: Com o Rio na Barriga, O Anjo Negro, Romeu e Julieta, Passo a passo no Paço, Copacabana 2010, O Auto da Compadecida, Sonhos de uma Noite de Verão, Cabaré Possível, Apesar de Você e Favela, tendo sido dirigido por nomes como Ernesto Piccolo, Adriano Garib, Cacá Morthé, Xando Graça, Adriana Maia, Henrique Tavares e Juliana Carneiro da Cunha.


33 visualizações

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now