Procuradores de Mesquita organizam I Congresso de Procuradores Municipais do Estado do Rio de Janeir


A Prefeitura de Mesquita está entre as instituições organizadoras do I Congresso de Procuradores Municipais do Estado do Rio de Janeiro (Fórum Regional ANPM), que acontece no próximo dia 29 de março, no Salão Nobre da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ), no Centro do Rio de Janeiro. A atividade que é uma realização da Associação Nacional de Procuradores Municipais (ANPM) e visa estimular o aperfeiçoamento, o debate e a troca de experiências entre os procuradores municipais de carreira no Estado do Rio de Janeiro, além de ser um instrumento de incentivo a qualificação constante dos profissionais da área. O evento contará com a participação de todos os procuradores de Mesquita e também funcionará como um dos Fóruns Regionais de Procuradores Municipais, que por sua vez, servirão como evento preparatório para o Congresso Nacional, que será sediado ainda este ano na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, e que reunirá membros da carreira de todo o país. O procurador de Mesquita, Igor Menezes, vencedor do concurso nacional na categoria pareceres jurídicos do congresso da ANPM de 2017, é o coordenador geral e científico do evento. “Estamos muito felizes e honrados pela confiança depositada pela ANPM nos procuradores do município de Mesquita. Consideramos que o evento trará benefícios diretos para a cidade. Como o mês nacional da Advocacia Pública é celebrado no dia 7 março, a realização do I Congresso de Procuradores Municipais do Estado do Rio de Janeiro, servirá como conscientização e divulgação de toda a população do papel e da importância da carreira para as administrações municipais”, explica Igor Menezes. Matheus Menegatti e Demétrio Ribeiro, que também são procuradores municipais de Mesquita e chefiam a Procuradoria Fiscal e Tributária, coordenarão uma das mesas de discussões sobre Carreira e Atuação dos Procuradores Municipais. O evento contará ainda com a presença de diversas autoridades, como representantes do legislativo, executivo e judiciário dos municípios participantes, além de outras carreiras de Estado como o Ministério Público e do Tribunal de Contas. 


7 visualizações0 comentário