Saúde de Mesquita terá serviço de diagnóstico de câncer bucal e atendimento a pacientes especiais em


Neste sábado, dia 15 de setembro, a equipe de Saúde Bucal de Mesquita aproveitará a ação social realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), no Paço Municipal, no Centro, para levar o serviço de odontologia aos idosos e pessoas com deficiência presentes. O evento é destinado à população que recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC), valor pago pelo governo federal para idosos em situação de pobreza e pessoas com deficiência. Pensando especialmente nesse público, além dos tratamentos convencionais de limpeza, extração e restauração, entre outros, a Saúde Bucal de Mesquita alertará e examinará idosos para prevenir, diagnosticar e ajudar a combater o câncer bucal. E terá ainda equipe destinada ao atendimento de pacientes especiais, incluindo desde instruções de higienização oral para os pacientes e seus acompanhantes até procedimentos de limpeza e restauração, entre outros.

“Idosos e tabagistas, por exemplo, têm mais chances de desenvolverem câncer bucal ou lesões nessa região. Na terceira idade, também é comum o aparecimento de doenças sistêmicas que podem gerar consequências na cavidade bucal, como diabetes, hipertensão, osteoporose e complicações renais, além de outras”, explica o coordenador municipal de Saúde Bucal, Nelson Monteiro. “Desde novembro do ano passado, estamos com atendimento ampliado para pacientes especiais do município. Diariamente, o Centro de Especialidades Odontológicas, o CEO, conta com pelo menos um profissional apto para realizar esse serviço. Desta forma, a equipe consegue reduzir as filas de espera e garantir mais saúde bucal para a população. Semanalmente, atendemos entre 80 e 100 pacientes que precisam de um cuidado especial. Há outros profissionais aptos também nas unidades de saúde do município. Porém, diante de alguns casos de complexidade, é crucial que esse atendimento seja prestado no próprio CEO”, completa Nelson.

A ação da SEMAS terá início às 8h e contará ainda com corte de cabelo, serviços de saúde como aferição de pressão arterial e glicose, teste rápido para HIV e sífilis, isenção para emissão de documentos, cadastro em programas sociais do governo federal e emissão de cartão de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência.

“Essa é uma questão de urgência. Esses idosos e pessoas com deficiência precisam fazer o cadastro até dezembro, do contrário, perderão o benefício e não terão mais como se sustentar. Por isso, já enviamos cartas para as residências e divulgamos as informações nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), nas escolas do município, igrejas e bancos”, alerta Cristina Quaresma, a secretária de Assistência Social de Mesquita.

O Paço Municipal fica na Rua Arthur de Oliveira Vecchi, no Centro de Mesquita. É preciso levar toda documentação original, como identidade, CPF, comprovante de residência e o cartão do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Em Mesquita, o BPC atrai uma receita anual de aproximadamente R$ 24 milhões. Mas, de acordo com Cristina Quaresma, cerca de 1.500 beneficiários ainda precisam ser inseridos no CadÚnico para seguirem no programa em 2019.


5 visualizações0 comentário