Eleitores encontram dificuldades para votar


Tanto sacrifício para votar este ano. Mesmo com menos 40 mil eleitores em Queimados, parece que as seções estavam mais cheias do que o normal. Isso porque tem em média 5 seções para uma urna. Isso está acontecendo em vários locais de votação. 

 Mas no maior colégio eleitoral do Rio a realidade não está diferente. Os eleitores estão levando em média até 3 horas para  votar. Eleitoresssando sufoco ainda com a falta de estrutura e acessibilidade para pessoas idosas e com necessidades especiais. 

Segundo informações de eleitores, no Colégio Quaresma, no Jardim Tropical, em Nova Iguaçu, a urna eletrônica foi trocada quatro vezes. 

Em Mesquita também houve problemas logo cedo. Duas urnas quebradas . A colega jornalista Ana Cristina Carvalho fez transmissão ao vivo do local.  

 A Baixada tem quatro municípios com os maiores colégios eleitorais: Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São João de Meriti e Belford Roxo. Em Duque de Caxias,  em frente à Escola Municipal Nísia Vilela Fernandes, no Parque Fluminense, eleitores foram  flsgrados pela tv comunitária fazendo boca de urna descaradamente perto de guardas municipais. No local, santinhos foram despejados pelas ruas. Já no Lote XV, em Belford Roxo, o que se via eram panfletos de candidatos espalhadas sujando as ruas da cidade. Uma eleitora foi flagrada pela reportagem fazendo boca de urna nas proximidades de uma zona eleitoral. Em Duque de Caxias, 634.781 pessoas estão aptas a votar neste domingo. Já em Nova Iguaçu, 588.473 eleitores podem ir às urnas e votarem. Em São João de Meriti, a sexta cidade com o maior número de votantes, 367.388 munícipes estão aptos a exercer o voto. Belford Roxo o oitavo maior colégio eleitoral do estado tem 331.087 eleitores inscritos.


5 visualizações0 comentário