Jovens do primeiro ecoclube da Baixada Fluminense dão lição de cidadania


Jovens de uma região que historicamente vem recebendo pouca atenção do poder público demonstram como aplicar a cidadania na prática. Os moradores de comunidades do bairro Campos Elíseos integram o primeiro ecoclube da Baixada Fluminense, o UNIJACE (União de Jovens Ambientalistas de Campos Elíseos) e estão, aos poucos, conscientizando e sensibilizando os moradores no segundo distrito de Duque de Caxias para o correto descarte do lixo. O processo de formação do Ecoclube começou em fevereiro deste ano, por iniciativa do Projeto EDUC, que é realizado pela ONG Guardiões do Mar em parceria com a Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.Iniciativas locais contam com o engajamento dos ‘ecoclubinos’, como é o caso do Exercício Simulado 2018, realizado pelo Processo Apell, que simulará a desocupação da população residente em comunidades vulneráveis aos riscos de contaminação oriundas das indústrias do entorno da Reduc.

A atividade ocorrerá no dia 17/11, a partir das 8h, com saída da Associação das Empresas de Campos Elíseos (ASSECAMPE). Os jovens ajudarão a divulgar o evento para a comunidade e auxiliarão os organizadores a receber os moradores, encaminhando-os para os pontos de apoio e segurança.Uma grande mobilização comunitária na praça do Centro de Campos Elíseos vem sensibilizando a comunidade para o enfrentamento aos problemas do lixo. Para isso, serão disponibilizadas lixeiras para coleta seletiva, ponto de informações sobre o correto descarte, exposição de animais in vitro oriundos da Baía de Guanabara, entre outras ações. Os 16 adolescentes, com idade de 15 a 17 anos, estão ainda cadastrando moradores que irão receber coleta seletiva em suas portas. Essa coleta domiciliar será complementar aos ecopontos — outra iniciativa do Projeto EDUC — que serão instalados em locais próximo às comunidades, para o correto descarte do lixo.“O Ecoclube é uma reunião de jovens que querem mudar suas comunidades. Só quem mora na comunidade, conhece os problemas dela, e por isso eles têm condições de trazer esses problemas para o grupo, para que possamos buscar soluções juntos”, destaca a colaboradora do Ecoclube Ângela Soledade.

O integrante do Ecoclube Bruno Nascimento, de 17 anos, está empolgado com a possibilidade de mudança que poderá ocorrer por meio da atuação do Ecoclube: “Moramos em um bairro que era para ser modelo e o projeto veio para mudar esse meio em que vivemos atualmente”.Ana Beatriz de Araújo, de 16 anos, concorda com o colega: “É uma experiência que vai mudar a vida de muita gente. Como o Bruno disse, Campo Elíseos era para ser um bairro modelo, por conta das empresas que estão aqui instaladas, mas vemos que não é”.O projeto estimula o protagonismo comunitário nas comunidades Vila Serafim, Centro de Campos Elíseos, Saraiva, Bom Retiro e Parque Marilândia. Os jovens recebem bolsa-auxílio mensal no valor de 350 reais.

Ecoclubes

Ecoclubes são um movimento internacional de participação juvenil que agora chega à Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Liderado pelos próprios jovens, os participantes articulam ações buscando a mudança da realidade das localidades onde estão inseridos através de campanhas de sensibilização e propostas que promovam a sustentabilidade.“Uma série de fatores nos leva a implantar o primeiro ecoclube da Baixada em Duque de Caxias. Primeiro, pelos problemas socioambientais diagnosticados e ainda, pela capacidade de assimilação de boas práticas, tão comuns aos jovens. Esta ação, consorciada com um grande trabalho de educação ambiental, nos permite praticar a máxima - comumente atribuída a Pitágoras - de que se educarmos os pequenos, não será preciso punir os homens”, explica Pedro Belga, presidente da ONG Guardiões do Mar.

Projeto EDUCO

Projeto EDUC fortalece a comunidade para que ela possa desempenhar um papel ativo no seu próprio desenvolvimento. Em parceria com a Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, o projeto realizou um diagnóstico junto à população para identificar as principais questões e demandas dos moradores, que possam ser trabalhadas de forma participativa. Estão sendo realizadas também ações integradas com cursos para lideranças comunitárias, oficinas de artesanato e educação socioambiental, visando preparar as pessoas para o enfrentamento de problemas cotidianos - como o correto descarte de resíduos sólidos pós-consumo e seus potenciais riscos. Os interessados podem acompanhar todas as ações do projeto em facebook.com/projetoeducoficial.

#ecoclube #baixada

9 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now