É sério isso!?


O primeiro turno das eleições brasileiras foi um verdadeiro teste para a paciência do eleitor que levou até 4 horas na fila para votar. A biometria não funcionava de primeira, além dos locais de votação estarem com excesso de seções para apenas uma urna, aliado ao grande número de votos dispensados neste dia (6), foi preciso muita paciência para finalizar o voto.

Tivemos no primeiro turno das eleições gerais, uma abstenção a nível nacional de 20,33% e no estado do Rio de Janeiro 23,60 %, e acredita-se que uma boa parte desse numero, tenha sido pelo descrédito no nosso já fragilizado sistema político e na falta de credibilidade do sistema eleitoral através das urnas eletrônicas, apesar da Justiça Eleitoral, por meio da Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, juntamente com os 27 Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais, trazer a publico uma carta, com o teor de “ Reafirmar a total integridade e confiabilidade das urnas eletrônicas e do modelo brasileiro de votação e apuração das eleições;” e ainda, informar que “ a urna eletrônica brasileira é totalmente segura.” Claro, que eles não diriam o contrário.

Esperamos que nesse segundo turno, as dificuldades criadas pelo TRE, com a diminuição de urnas eletrônicas disponíveis para a votação, seja sanada, pois houve a promessa de que não iriam juntar mais que duas seções por cada urna, no primeiro turno houve urnas que acumulavam até 5 (cinco) seções, inclusive, segundo informação do TRE, não iriam colocar as seções muito próximas, para evitar assim “filas confusas.

Ora, se a população já estava descrente e desanimada com as eleições, os que foram votar, ainda passaram por sufoco de esperar até 4 horas em filas, inclusive idosos sem qualquer aparato de proteção e apoio, o que animaria esses eleitores a ir votar no segundo turno de uma eleição marcada por agressões verbais, pobreza de projetos possíveis de realizar, principalmente no caso do Estado do Rio de Janeiro, um estado falido financeiramente ? é o que veremos após o dia 28 de outubro. Diante de tudo isso, o eleitor pergunta: É SÉRIO ISSO ?

#eleição2018emQueimados #confusãonaseleições #biometriaemQueimados

10 visualizações0 comentário