Simulado da Defesa Civil de Caxias supera expectativas


O simulado de acidente da Associação das Empresas de Campos Elíseos (ASSECAME), coordenado pela Defesa Civil de Duque de Caxias, superou todas as expectativas dos organizadores. Realizado na manhã deste sábado (17), com a participação de cerca de três mil voluntários do Processo Apell, instituições e agentes públicos do estado e do município, o treinamento este ano saiu de dentro das empresas associadas e foi realizado na comunidade Saraiva, próxima ao polo petroquímico. Pela região passam dutos da Transpetro, subsidiária da Petrobras, que simulou uma tentativa de furto de combustível seguido do incêndio em um caminhão tanque. Durante a ação criminosa simulada dois meliantes se ferem na explosão e um vem a óbito.

No momento da retirada dos moradores da comunidade Saraiva por causa do risco de explosão da rede de dutos que cortam a região muitos moradores se acidentam. Nas ruas da comunidade os voluntários encontram “vítimas”, algumas em estado grave. Todas são estabilizadas pelos voluntários treinados em primeiros socorros e levadas para avaliação médica no ponto de apoio que foi montado no Ciep 208 Alceu Amoroso Lima, em Jardim Primavera. Os casos graves foram encaminhados para os hospitais Adão Pereira Nunes (estadual) e Moacyr Rodrigues do Carmo (municipal). Um dos meliantes feridos “morreu” por causa das queimaduras graves durante o atendimento médico. Os “feridos” foram transportados em ambulâncias, ônibus e veículos particulares de moradores da região.

O incêndio foi controlado pelos bombeiros do Grupamento de Operações com Produtos Perigosos – GOPP e o vazamento de combustível por técnicos da Transpetro. Depois, o terreno foi avaliado por técnicos do INEA devido a possíveis danos ambientais. Todas as ações foram monitoradas da sala de gerenciamento de crise montada na sede do GOPP, com a participação de bombeiros e agentes da defesa civil estadual e municipal. Participaram o diretor do Departamento Geral de Defesa Civil do Estado, coronel BM Marcelo Silva da Costa, o subsecretário municipal de Defesa Civil de Duque de Caxias, André Xavier, e o tenente-coronel Fábio Andrade, comandante do GOPP, entre outros agentes públicos.

Além de voluntários do Processo Apell também participaram do exercício policiais militares, guardas municipais, agentes públicos, Bombeiros Civil, Escoteiros, Desbravadores, Cruz Vermelha, voluntários da Guarda Nacional Ambiental de Campo Grande e do Grupo de Resgate Voluntário da cidade de Campos com UTI móvel.

#defesacivilcaxias #caxias #simulado

16 visualizações0 comentário