Coordenadora de Diversidade Sexual de Mesquita recebe prêmio no Rio


Paulinha Única foi homenageada pela Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS, a ABIA Coordenadora de Diversidade Sexual de Mesquita, Paulinha Única foi homenageada pelo Projeto Diversidade Sexual, Saúde e Direitos entre Jovens, da Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA), na noite desta segunda-feira, dia 10 de dezembro. Aconteceu no Teatro SESC, em Copacabana, a entrega do “3º Prêmio Reconhecimento: Promoção em Saúde e prevenções populares do HIV e da AIDS em 2018”, que valorizou jovens e adultos, ativistas ou não, que se destacaram ao longo do ano em ações pautadas no âmbito da prevenção do HIV/AIDS, luta pelos direitos, respeito e combate à epidemia. E Paulinha foi uma das pessoas escolhidas. “Fiquei muito orgulhosa com esse prêmio. Militar sozinha é uma coisa, mas militar por uma causa institucionalmente é bem diferente. Traz mais responsabilidade, é claro, mas também abre portas que, sozinha, eu jamais conseguiria. Fico feliz por trabalhar com gestores que apoiam a causa LGBT, escolhendo inclusive uma mulher trans para comandar essa pasta no governo”, agradeceu Paulinha, dedicando seu prêmio ao prefeito de Mesquita, Jorge Miranda, e a seu principal parceiro de trabalho na Coordenadoria de Diversidade Sexual da cidade, Neno Ferreira. A cerimônia reuniu importantes nomes do movimento LGBT e ligados a ações de prevenção do HIV/AIDS. O prêmio para Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada em março deste ano, foi recebido pela suplente de vereadora Indianare Siqueira, que parabenizou Paulinha Única por mais essa conquista. Salvador Correa, coordenador da área de treinamento e capacitação da ABIA e autor do livro “O Segundo Armário – Diário de Um Jovem Soropositivo”, também cumprimentou Paulinha ao final da cerimônia. Além de Paulinha, Neno Ferreira, que também faz parte da Coordenadoria de Diversidade Sexual de Mesquita, recebeu um certificado de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido ao longo de 2018 para a promoção da diversidade, dos direitos e respeito na prevenção do HIV e da Aids.


12 visualizações0 comentário