Empresário de Queimados é assassinado na porta de casa em Queimados hoje


Boletim de ocorrência do 3°CPA-24°BPM* do setor A relata a ocorrência de Homicídio na UPA-Queimados. As primeiras informações dão conta de que a vítima, a qual seria dono da Casa de material de contrução Casa Verde, o Sr. Marcelo Augusto Carneiro se encontrava no portão de sua casa quando dois elementos em um veículo de cor branca “anunciaram o assalto” * , onde efetuaram vários tiros contra o mesmo. Ele chegou a ser socorrido pelo seu genitor à UPA- Queimados, não resistindo aos ferimentos e vindo a óbito. Supervisão a caminho do local, a fim de colher dados para auxiliar a DHBF. Segundo informações de testemunhas, o caso teria acontecido por volta de 21h:30. O médico que recebeu Marcelo na UPA disse que o tiro atingiu o coração o levando a obito. "Nosso amigo acabou de dar entrada aqui na sala vermelha com um tiro no peito e não tivemos o que fazer. Foi uma perda irreparável para Queimados", lamentou o funcionário que conhecia Marcelo. 

Amigos estão em choque com a notícia 

Segundo depoimentos de amigos ele era uma pessoa tranquila e muito humilde. Ajudava a todos que precisavam. "Exemplo de amigo, humilde, trabalhador, tratava a todos com carinho e educação. Nunca tratou ninguém com diferença sempre atendendo no balcão da loja da família desde sempre. Vai deixar saudades e um exemplo muito lindo de pessoa", disse o amigo de infância, o jornalista Sérgio Ricardo. Ele tinha 47 anos. 

"Estou com o coração cheio de dor, muita dor! Um menino que vi crescer, amigo, trabalhador. Como assistir isso é não sentir dor e tristeza?😢😢😢😢", Relatou Nice Alves. 

A revolta pela falta de segurança toma conta dos moradores. "Se pegarem esses merdas, nós vamos pagar auxílio. Não consigo aceitar que uma pessoa que trabalhava tanto, pagava seus impostos, perder para esses bandidos, tem que mudar a lei, colocar policiais nas ruas direto. E melhorar o salário deles, dar incentivo e condições para fazer um trabalho com prazer", destaca Ieda Belo. 

Moradores reclamam da falta de segurança na cidade. O crime aconteceu em uma das ruas mais movimentadas do centro de Queimados, conhecida como Rua do Hospital infantil.


214 visualizações0 comentário