SEPOL realiza operação para prender integrantes da organização criminosa "Liga da Justiça"


A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio do Departamento Geral de Combate a Corrupção, ao Crime Organizado e a Lavagem de Dinheiro, realiza nesta quinta-feira (14) operação para cumprir mandados de prisão contra integrantes da organização criminosa denominada "Liga da Justiça". A ação tem como objetivo prender as lideranças do grupo, entre elas Wellington da Silva Braga, o Ecko, e seu irmão Luis Antonio da Silva Braga, o Zinho. As investigações apontaram que Zinho era o responsável pela lavagem de dinheiro da organização. Com base em provas colhidas durante o inquérito, os policiais conseguiram identificar que alguns membros da quadrilha adquiriram bens imóveis utilizando dinheiro proveniente do crime. O departamento conseguiu na Justiça o sequestro e o bloqueio de aproximadamente R$ 4 milhões em imóveis de alto padrão comprados pelo bando. Os agentes visam cumprir 20 mandados de prisão e 18 de busca e apreensão na Capital e Baixada Fluminense. A operação conta com apoio do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC), Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRACO), Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e da Secretaria de Estado de Polícia Militar, por meio do Batalhão de Cães (BAC). 


13 visualizações0 comentário