Prefeitura de Queimados deve salários de estatutários


A prefeitura anuncia todo mês o pagamento dentro do mês em curso dos funcionários e para este carnaval, a nota já foi publicada e todos receberão seus salários nesta quarta, 27, antes do carnaval, mas tem uma categoria de estatutários que não está nada satisfeita com administração pública de Queimados. São os funcionários de cargos administrativos estatutários. Segundo denúncia da categoria, a prefeitura está devendo salários da época do reenquadramento para os agentes administrativos do município, em que a prefeitura por 10 meses pagou bem menos do que deveria e prometeu pagar logo depois, conta um dos funcionários. “Hoje fomos para o gabinete do prefeito cobrar e não fomos recebidos. A prefeitura só enrola e a categoria está se mobilizando e cada vez mais indignada com essa situação”, disse. No dia 23 de dezembro de 2014 saiu a lei que aumentava o salário dos agentes administrativos, a lei entraria em vigor dia 1 de maio de 2015. Os agentes administrativos foram chamados pelo governo e ouviram que o município não teria como pagar o que foi prometido naquele ano e que o salário aumentaria só em janeiro e a prefeitura iria dar um jeito de pagar a diferença desses meses que passaram. “Chegou em dezembro fomos convidados para outra reunião onde mais uma vez foi adiado o aumento para março, onde aí sim aumentou”, relatou. Desde essa data que estes funcionários estão sem receber o reajuste dos salários anteriores. Os funcionários estão esperando há mais de 3 anos. O gabinete remarcou a reunião com uma comissão da categoria na próxima sexta. Estamos com medo da prefeitura seguir o ponto facultativo dado pelo Estado, já que o município na maioria das vezes acompanha o estado. A perda salarial depende da categoria do agente administrativo. A perda salarial deste funcionário que entrevistamos passa dos mil reais por mês.  

Em nota a prefeitura respondeu que não está devendo os salários de nenhum funcionários mas confessou a dívida do reenquadramento: "A Prefeitura de Queimados reafirma que NÃO há atrasos no pagamento de nenhum Servidor Público Municipal estatutário ou comissionado. Sobre a questão envolvendo os agentes administrativos, o governo municipal informa que, em 2015, a classe reivindicou o enquadramento, no qual, a Prefeitura podia conceder ou não. Para valorizar o servidor, foi feito um Projeto de Lei e enviado à Câmara Municipal para legitimizar o aumento. Foi acordado entre as partes que a Prefeitura pagaria o resíduo posteriormente. Ou seja, o salário está RIGOROSAMENTE EM DIA, restando pagar apenas o este valor acordado para a quitação futura. Por fim, a Prefeitura de Queimados está a disposição da classe para conversar e decidir a melhor forma de resolver a forma acordada. Vale ressaltar ainda que, já havia uma reunião agendada para a próxima sexta-feira (1), com os representantes da classe e o governo municipal. Por causa de compromissos oficiais, o prefeito Carlos Vilela não pode antecipar o encontro. Entretanto, a agenda com os agentes administrativos está mantida para a próxima sexta, como já combinado anteriormente.


24 visualizações0 comentário