Em memória dos 14 anos da Chacina da Baixada


Na noite de 31 de março de 2005, policiais militares assassinaram a tiros 29 pessoas e feriram outras duas em diferentes pontos dos municípios de Nova Iguaçu e Queimados, na Baixada Fluminense. Essa foi a maior chacina já registrada na história do Rio de Janeiro. De 2005 a 2018 ocorreram diversas outras chacinas na Baixada Fluminense, algumas com o envolvimento direto de agentes públicos e todas com a conivência do Estado e a invisibilidade da mídia e de parte da própria sociedade. O luto, porém, se transformou em luta. Há 14 anos, mães, familiares, movimentos sociais, grupos religiosos e pessoas sensíveis a causa da vida se reúnem para fazer a memória de crianças, jovens, mulheres e homens, negros e pobres assassinados(as), além de cobrar a responsabilização do Estado nos casos dos homicídios e desaparecimentos forçados não investigados. Esse ano as ações com as instituições parceiras se multiplicaram e geraram uma série de atividades. Confira a programação. PROGRAMAÇÃO (de 25 a 31 de março) TENDA NOSSA JUVENTUDE NEGRA TEM VOZ Representantes de várias instituições ficarão à disposição para se apresentarem e acolher qualquer manifestação popular contra a violência e a favor dos direitos humanos. Além de distribuição de materiais informativos, intervenções culturais e muito afeto. Quando: 25 à 29 de março Local: Praça Rui Barbosa, Centro de Nova Iguaçu Horário: 16h às 20h EXIBIÇÃO E RODA DE CONVERSA SOBRE O DOCUMENTÁRIO “NOSSOS MORTOS TÊM VOZ” Filme produzido pela Quiprocó Filmes e apresentado por Fórum Grita Baixada e Centro de Direitos Humanos da Diocese de Nova Iguaçu. Relata a luta por justiça de mães e familiares de vítimas assassinadas pelas forças de segurança do Estado. Quando: 25 de março Local: Praça Rui Barbosa, Centro de Nova Iguaçu Horário: 18h EXIBIÇÃO E DEBATE SOBRE O DOCUMENTÁRIO “NOSSOS MORTOS TÊM VOZ” Quando: 26 março Local: Auditório da Defensoria Pública Estadual. Av. Marechal Câmara, 314, Centro/RJ Horário: 15h. ATO INTERRELIGIOSO EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA DO ESTADO NA BAIXADA FLUMINENSE Quando: 29 de março Local: Praça Rui Barbosa, Centro de Nova Iguaçu Horário: 18h AMANHECER: 14 ANOS DA CHACINA DA BAIXADA- NOSSA JUVENTUDE NEGRA TÊM VOZ Quando: 30 de março Locais: • Nilópolis - Calçadão de Nilópolis (Av Mirandela, Centro), em frente ao MacDonald's • São João do Meriti (Praça da Matriz) • Duque de Caxias (à confirmar) Horário: 9h ATO/CAMINHADA 14 ANOS DA CHACINA DA BAIXADA Quando: 31 de março Local: Concentração na Besouro Veículos (Rod. Pres. Dutra, 15380 – PRÓXIMO AO VIADUTO NA RUA DR.BARROS JÚNIOR - RJ) Horário: 9h A partir do protagonismo da Rede de Mães e Familiares da Baixada Fluminense - RJ, organizações e movimentos sociais se juntaram a essa luta e construíram coletivamente essa Agenda. São essas as organizações e movimentos sociais: Rede de Comunidades e Movimento contra à Violência, Fórum Grita Baixada, Pré Vestibular + Nós, Casa Fluminense, Amanhecer, Visão Mundial, Quiprocó Filmes,Levante da Juventude, Fase RJ, Observatório de Favelas, Cheifa, Comitê de Ação da Cidadania - Nova Iguaçu, Cevenb/OABRJ, Fórum de Juventudes RJ, Movimenta Caxias, MJPOP, Comunidade Batista em São Gonçalo , Kwe Cejá Gbé, Golfinhos da Baixada, Centro de Direitos Humanos da Diocese de Nova Iguaçu, Comissão Pastoral da Terra, Youca Brasil e Redenção Baixada.


2 visualizações0 comentário