SEPOL realiza operação para desarticular quadrilha comandada por deputado estadual


Policiais da Delegacia de Homicidios da Baixada Fluminense (DHBF), coordenados pelo delegado titular Moyses Santana, desencadearam, na manhã desta terça-feira (21/05), a Operação P9, nos municípios de Magé, Guapimirim, Piabetá, São Pedro D'aldeia, Petrópolis e Rio de Janeiro. A operação visa desarticular quadrilha que praticava crimes a mando do então vice-prefeito de Magé, Vandro Lopes Goncalves, atualmente deputado estadual na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro -Alerj. Segundo as informações, a vítima Paulo Henrique Dourado Teixeira, o Paulinho P9, conhecido militante político da região, fazia clara oposição ao prefeito de Magé, chegando, inclusive, a denunciar um esquema de licitações fraudulentas na Prefeitura de Magé , envolvendo o deputado Vandro e o empresário Fabiano Florim. Paulinho P9 foi ameaçado de morte pelo empresário, crime à época registrado na delegacia da área. No dia 21 de março de 2018, o Fox da vitima foi interceptado por um outro veículo, ocasião em que foram efetuados 15 disparos de arma de fogo, sendo certo que cinco estojos percutidos e deflagrados foram localizados pela perícia dentro do carro da vítima, havendo assim, claros indícios de execução, pois o autor efetuou disparos encostados na vítima, não levando nenhum pertence de Paulo Henrique. Na ação, os agentes vão cumprir 20 mandados de busca e apreensão, inclusive na residência do deputado Vandro, seus seguranças, bem como na casa de empresários ligados ao esquema denunciado pela vítima. As investigações realizadas pela DHBF revelaram a existência de uma organização criminosa que visava manter em sigilo diversos procedimentos administrativos dos envolvidos com a Prefeitura de Magé. A partir do momento em que a vítima formalizou denúncias, virou alvo do grupo criminoso. 


5 visualizações0 comentário