Escola Municipal de Xerém ganha prêmio "Criança mais saudável 2019"


A unidade concorreu com outros 445 projetos em concurso da Fundação Nestlé Brasil 

Em Xerém, quarto distrito de Duque de Caxias, uma escola municipal vem revolucionando a alimentação dos estudantes e, por consequência, mudando a vida de centenas de famílias. O trabalho bem-sucedido da Escola Municipalizada Profª Mariana Nunes Passos acaba de ser contemplado com o Prêmio Crianças Mais Saudáveis 2019, da Fundação Nestlé. A iniciativa busca a promoção de uma alimentação equilibrada e a adoção da prática de atividades físicas nas escolas públicas. O concurso recebeu 883 inscrições e 446 projetos vindos de 26 estados brasileiros. Esta foi a segunda edição do prêmio que promove melhorias na vida dos estudantes e de suas famílias. Entre os finalistas e vencedores, além da E.M. Profª Mariana Nunes Passos, de Duque de Caxias (RJ), estão projetos do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. O projeto da escola caxiense recebeu o nome de “Aquaponia ensina saúde e alimentação sustentável”, foi escrito pela professora Adriane Ayub Correa Satyro, que é diretora da escola, e está sendo desenvolvido com as turmas da unidade. Os objetivos do projeto são influenciar a adoção de hábitos saudáveis pelos estudantes, suas famílias e população do entorno, além de estudar os alimentos orgânicos e os conceitos de ecologia por meio da aquaponia, técnica que combina a droponia e aquacultura para a produção de alimentos. O trabalho também busca a introdução do conceito de STEAM, metodologia de projetos envolvendo as disciplinas de ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática na educação dos alunos. Saiba mais sobre o prêmio: Em 2018, a Fundação Nestlé Brasil lançou o Programa Crianças Mais Saudáveis, uma evolução do programa Nutrir nas Escolas, fundamentado na proposta de impactar a atual geração de crianças para promover hábitos mais saudáveis. Essa iniciativa envolve estratégias de formação e engajamento de estudantes, por meio de ações impulsionadas por educadores das escolas públicas brasileiras. Na prática, a ideia é mudar o modo de pensar nas escolas criando um cenário favorável à inovação, que estimule o surgimento de projetos pedagógicos com foco em propor opções mais nutritivas de alimentação e também em incentivar o gosto e o hábito de fazer exercícios físicos.


29 visualizações0 comentário