Dia do Orgulho LGBT+ em Mesquita


Coordenadoria Municipal de Diversidade Sexual promover evento para comemorar criminalização da LGBTfobia+ e homenagear Marielle Franco

O Dia Internacional do Orgulho LGBT+, celebrado em 28 de junho, não passará em branco. Na verdade, a comemoração será antecipada. Nesta quarta-feira, dia 26, a partir das 14h, a Coordenadoria Municipal de Diversidade Sexual realiza o Fórum “Viver É Melhor que Sonhar”, para debater o que muda com a criminalização da LGBTfobia no Brasil, decidida em votação no Supremo Tribunal Federal no último dia 13. A ação fará também uma homenagem à vereadora Marielle Franco, assassinada em março do ano passado, e contará com a participação da jornalista e ativista de direitos humanos Luciana Barreto. O evento acontecerá no Fórum de Mesquita.

“É claro que conquistamos uma vitória, embora me surpreenda todo o tempo que tivemos de esperar por ela. Agora, vamos entender o que isso significa e analisar o que ainda precisa ser feito. Estamos só no começo desse caminho”, analisa Paulinha Única, coordenadora de Diversidade Sexual de Mesquita.

Além de Luciana e Paulinha, participarão também do fórum a juíza titular da Vara Criminal de Mesquita, Cristiana Cordeiro; o delegado Gilbert Stivanello, titular da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi); e o delegado Claudio Vieira de Campos, titular da 53ª DP (Mesquita).

“Estamos planejando uma homenagem muito especial para a Marielle, que era uma mulher que, acima de orientação sexual, gênero ou raça, lutava pela paz e contra a violência e a desigualdade. Acho que é importante lembrarmos de tudo que ela representou nessa batalha e certamente servirá de inspiração para as muitas outras que ainda teremos de enfrentar”, valoriza Paulinha.

#lgbt #diainternacional #baixada

7 visualizações0 comentário