Itaguaí é reconhecido pelo UNICEF por trabalho de combate à evasão escolar


Há um ano o município de Itaguaí aderia ao Programa Busca Ativa Escolar e de lá para cá alcançou resultados importantes no combate à evasão escolar. Esse trabalho, realizado em conjunto pelas Secretarias Municipais de Educação e Cultura; Saúde; Assistência Social e pelo Conselho Tutelar, ganhou o reconhecimento do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) pela meta alcançada, através da entrega de uma placa à Secretária de Educação e Cultura, Andreia Busatto. A cerimônia aconteceu nessa quinta-feira (25/07), no Teatro Municipal.

Itaguaí foi um dos 29 municípios do Rio de Janeiro a aderir ao programa Busca Ativo Escolar. Desses, apenas 13 alcançaram a meta de recuperar 20% dos alunos em evasão escolar. O município não só bateu a meta como a superou em muito. Dos 316 casos em andamento, 312 foram rematriculados, o que representa 89%. Os outros quatro casos restantes já foram identificados e estão em vias de serem solucionados.

A secretária de Educação e Cultura, Andreia Busatto, representou o prefeito Carlo Busatto Júnior, o Charlinho, durante a cerimônia. Ela recebeu a placa das mãos da representante do Projeto Cidade Escola Aprendiz, Gisele Martins, que reconheceu esforço de toda a equipe do Comitê Gestor para bater a meta do programa.

- Todos nós aqui somos responsáveis um pouquinho por esse reconhecimento. O trabalho tem que continuar independentemente de governo. Temos que conscientizar as famílias que esse é um direito delas. Esse tem que ser um pensamento automático. Nosso município tem vagas para todos aqueles que aqui moram e estejam na faixa de escolaridade. Por isso, vamos continuar nessa luta para zerar o número de alunos fora da escola - destacou a Secretária Andreia Busatto.

Aluno fora da UE não dá. O Busca Ativa Escolar é uma plataforma gratuita que ajuda os municípios no combate à evasão escolar. O programa é desenvolvido pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) em parceria com União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Instituto TIM.

Em Itaguaí, o Comitê Gestor é formado por 65 pessoas, entre elas a gestora política, Lidiane Hilário; a coordenadora operacional, Adriana Marins; supervisores e técnicas verificadoras. Para ajudar no combate à evasão escolar, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura lançou em julho, um canal de comunicação com o público chamado “Aluno fora da UE não dá”. Através dessa ferramenta, a população também pode contribuir com o programa dando alertas sobre crianças e adolescentes que se encontrem fora da escola.


6 visualizações0 comentário