Tiroteio na madrugada desta terça, 3 em Queimados agita à câmara municipal de Queimados


A câmara municipal de Queimados abriu um intenso debate sobre a segurança na manhã desta quarta, 4 de setembro depois de uma madrugada intensa de tiroteios na cidade. Segundo relatos de moradores em redes sociais, foram ouvidos tiros a noite inteira em vários morros da cidade como São Simão, Caixa D'água, Morro do Coco, Morro da Paz, Colina, Paizinha, Morro do 22, Morro da Copa e no bairro Paraíso.

Segundo o Atlas da Violência, a cidade de Queimados tem taxa de 115,6 mortes por 100 mil habitantes, devido a falta de policiamento e políticas públicas. Ainda segundo o Atlas, a cidade está em 5º lugar em homicídios no Brasil. O levantamento é produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Vale ressaltar que Queimados já esteve no topo desta lista.

Na Sessão desta terça, 4, os vereadores pediram providências do poder público e fizeram uma “Meia culpa”. “A segurança pública é um dever de todos, além do estado. Precisamos investir mais em educação onde tudo se inicia. E não diminuir, o contrário como se tem feito em nível nacional. Precisamos entrar com infraestrutura nas comunidades”, destacou o vereador Bira Birinha (PC do B).

O ver. Wilsinho do Três fontes abalizou à fala do colega ao destacar que no seu bairro só possui um equipamento público, à escola Nelson Carneiro e no entanto, o bairro tem vários acessos facilitados para os criminosos que chegam pelo Arco Rodoviário Metropolitano. “Os bandidos estão entrando por ali sem nenhuma fiscalização. Nem à cabine em frente ao cemitério da Jaqueira está mais funcionando”, observou.

O vereador Getúlio de Moura (Progressista) destaca que a prefeitura gasta mais de 100 mil reais por mês com o PROES que está fabricando multas indevidas contra os cidadãos. “O tempo que eles estão aplicando multa em frente de farmácias, deveriam estar coibindo a violência na cidade”, destacou.

O novo presidente da Câmara, Ver. Porf. Nilton Moreira, lembrou da Companhia Destacada da Polícia Militar que foi instalada no bairro Nova Cidade, mas suas funções estão comprometidas. “Foi uma covardia o que fizeram com esses policiais. Eles são um alvo fácil na parte mais baixa e central do bairro. Não temos estratégia de segurança nenhuma na cidade. Nem blitz nos acessos temos”, observou.

O presidente destacou ainda, que o poder público se omitiu em agir. "Não existe outro adjetivo, senão omissão. No bairro São Simão porque os policiais usam somente a estrada Pastor Antônio Martins? Medo! Temos dificuldades sim, mas temos que rever as prioridades da cidade. Eu sempre votei com o executivo mas tenho as minhas convicções e com certeza a cidade precisa se atentar para essa questão da segurança”, acrescentou. O vereador Júlio do Inconfidência (PSDB) reforça a fala do presidente ao lembrar que o prefeito ficou de liberar uma área no alto do morro o que não foi feito até o momento. A Cia já está no bairro há mais de dois anos.

O vice-presidente Antônio Chrispe (Tuninho Vira Virou | Progressista), alertou para a falta de segurança, inclusive dos próprios vereadores que têm recibo ameaças depois que começaram as investigações. "Precisamos de apoio da Policia Militar aqui porque não vamos parar nossas investigações que já estão dando resultados, haja vista, a decisão judicial de afastamento do Cássius e também do vereador Alex Dornellas de suas funções políticas", destacou.

Assista ao vídeo da sessão:

#Segurançapublica

25 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now