Secretário de serviços públicos é convocado  pelos vereadores de Queimados


Fotos: Thais Souza

O secretário de serviços públicos de Queimados, Rogério Brandi foi convidado pelos vereadores da Câmara Municipal de Queimados para prestar esclarecimentos sobre os serviços públicos que não estão funcionando à contento na cidade, como a iluminação pública, recapeamento e tapa buracos e ainda o recolhimento de entulhos. A reunião aconteceu na tarde desta quarta, 18 na sala de reuniões da Câmara mas foi aberta ao público.

A reunião foi dirigida pelo vereador Júlio do Inconfidência ((PSDB) e o secretário respondeu a todos os questionamentos dos vereadores que realizaram uma sabatina de mais de três horas e meia com o secretário. Para o vereador, as respostas foram positivas, porém será necessário um trabalho em conjunto para desburocratizar alguns processos. “Entendemos as dificuldades apresentadas pelo secretário e visualizamos a necessidade de um trabalho em conjunto. Não tem como uma secretaria ficar jogando a culpa para a outra, se todos fazem parte do mesmo governo”, alertou o vereador.

Sobre a questão da iluminação pública precária, o secretário adiantou que a prefeitura recebe em torno de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais/mês) de taxa de iluminação pública e que metade desse valor vai para a Light. A outra metade vai para a empresa que mantém os pontos de luz acesos com a compra de material para a manutenção.

Ao ser questionado sobre a grande quantidade de pontos apagados na cidade, o secretário respondeu que está aguardando a liberação do contrato para a empresa voltar a atuar na cidade. “O processo está preso pela burocracia, logo os serviços de manutenção não estão sendo feitos. Mas os recursos estão empenhados para a realização do mesmo”, ressaltou.

O vereador Júlio do Inconfidência (PSDB) também questionou sobre os critérios para a realização dos pedidos de retirada de entulhos na cidade. “Tenho relatos de vários moradores que já fizeram este pedido e nunca foram atendidos, ou pior que obtiveram respostas muito negativas”, lembrou.

O secretário Rogério Brandi, lembrou que a prefeitura não tem a obrigação de retirar os entulhos produzidos pelos cidadãos, mas que realiza o serviço para manter a cidade minimamente limpa. “A retirada dos entulhos está em nossa rotina de limpeza das vias públicas, mas não podemos oficializar este serviço por força de lei federal que diz que à obrigação da destinação final deste tipo de material deve ser de quem o produz”, lembrou. Ele também foi questionado sobre a compra de máquinas para a realização deste serviço, algo que foi negado pelo secretário. “As máquinas serão utilizadas para a limpeza de modo geral, e não somente para a retirada de entulhos”, enfatizou.

O ver. Wilsinho do Três Fontes (MDB) lembrou sobre a lei de sua autoria que trata da reutilização deste material nas áreas rurais. “Gostaria de saber se a prefeitura tem uma data para por esta lei em vigor porque hoje este material está sendo desperdiçado e a lei desrespeitada”, destacou. O vereador Antônio Almeida (PSDB) lembrou que este trabalho já é realizado em algumas cidades e que podem servir de modelo para Queimados. “Em Queimados estamos nos organizando para implementar esse trabalho. Vamos precisar de uma área para receber e processar esse material ou então convidar empresas queiram fazer uma parceria público/privado, como as usinas para tratar o material”, destacou o secretário.

Sobre a porcentagem de iluminação pública existente na cidade, o secretário não soube responder ao vereador Wilsinho, que solicitou que seja pago à light somente o que se gasta com os pontos acessos. “Sua pergunta é pertinente, mas nós ainda não conseguimos exigir da light que paguemos apenas pelos pontos acesos. Vou procurar saber como podemos agilizar isso”, respondeu o secretário. A proposta de uma central de monitoramento foi feita pelo vereador Antônio Almeida (PSDB). Algo que já está previsto no próximo contrato, segundo informações do secretário Rogério Brand. Uma iluminação mais eficaz também já está sendo exigido no novo contrato com lâmpadas de led, acrescentou.

Sobre a questão do serviço de recapeamento e tapa buracos na cidade, o secretário informou que está esperando o empenho ser liberado pela prefeitura para começar os serviços. Segundo ele o processo está em análise na Secretaria Municipal de Fazenda. “Estamos esperando empenho para contratar a empresa. “Ficamos um ano para licitar e quatro meses para conseguir utilizar a verbal”, reclamou..

Ainda sobre a questão dos entulhos, o morador Fabricius Caravana sugeriu um serviço de coleta seletiva para a cidade. “Acho que a solução pode ser a coleta seletiva. Além de gerar emprego, também gera renda. Queimados já tem um galpão pronto para coleta seletiva. Só falta implantar. O que falta para implantar?”, o morador não obteve resposta sobre esta questão, mesmo estando presente na reunião o ex-secretário de meio ambiente, Cacau Nogueira. Os vereadores também solicitaram mais agilidade na limpeza dos rios por conta das chuvas que se aproximam.

Galeria:

#RogérioBrandi #JuliodoInconfidencia #Serviçospúblicos #Queimados #Camra

18 visualizações

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now