Projeto cultural “Origens” passa para segunda fase de seleção para o financiamento através de emenda


Para conquistar o financiamento o projeto precisa de votação popular

O projeto Origens desenvolvido pelo Centro de Desenvolvimento Criativo “Se essa Rua Fosse Minha”, passou na primeira fase da seleção para ganhar o financiamento de uma Emenda Parlamentar do Deputado Marcelo Calero. O projeto agora está na fase de participação popular. Para que seja aprovado precisa receber apoio popular em ação que irá desenvolver um projeto educacional de reciclagem de lixo oferecido para pessoas carentes da Baixada Fluminense, misturando arte através da construção de instrumentos musicais através de lixo reciclável. Além de renda, os alunos também receberão noções de como tocar o instrumento ao qual construíram com suas próprias mãos. O projeto "Origens" é uma ação de Educação Patrimonial para Baixada Fluminense. O link para votação está disponível em: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf9bJYkcGnPdh3NtxaXFqD1P1Q1wJrdNj51ifvs7Wz0c8WqWQ/viewform?edit2=2_ABaOnudOzDs0gmirV993PgwEH4Sx_FhsVZJli6KNbMx5TK4cgH3vkNfIvCk

O Brasil joga 5,8 bilhões de reais por ano no lixo. A constatação feita pelo economista Sabetai Calderon é estarrecedora já que corresponde a 17 vezes o orçamento destinado ao Ministério do Meio Ambiente. Para o engenheiro químico e administrador, Gerhard Erich Boehme, consultor da Boehme Brasil Consulting, este é o resultado de uma incipiente política de educação ambiental, que faz com que grande parte da população trate com descaso a cultura dos 3R: reduzir, reutilizar e reciclar: Reduzir - (a produção de lixo); Reutilizar - (sempre que possível os materiais); Reciclar - (o que não pode ser reduzido nem reutilizado).

O projeto em tela consiste em duas etapas, que são a construção de instrumentos musicais a partir de material reciclável e dispensado nos lixões e posteriormente ensinar os jovens a tocar o instrumento. No mesmo projeto, também serão utilizados os materiais recicláveis que não foram utilizados para a confecção dos instrumentos musicais, na confecção de peças de ornamentação, móveis e utensílios domésticos.

- Acreditamos que o Grupo Origens, está contribuindo para levar uma inclusão social aos jovens e aqueles que também por motivos financeiros, não têm acesso a instruções culturais e educacionais, mas para transformar isto em realidade, precisamos do apoio de empresas e pessoas que também pensem iguais a nós. Destacou o idealizador do grupo, Fabricius Caravana.

O Grupo Cultural Origens , criado em janeiro de 2008 em Queimados, Baixada Fluminense, tem como objetivo dar apoio total à criança e ao adolescente carente, promover atividades culturais nas áreas de : música, dança, teatro, esporte, cursos livres e profissionalizantes, capacitação para jovens e adultos, reflorestamento, horta comunitária, jardinagem, reciclagem de lixo e educacionais, bem como no resgate de tradições culturais e religiosas, sem fixar em um segmento religioso específico

- Trabalhamos no apoio às chamadas minorias, sejam na religiosidade e suas tradições, como também na busca de suas identidades históricas culturais, promovendo o encontro entre grupos religiosos, pesquisas, censos com histórico de cada um e diversas outras atividades que favoreçam a integração desses jovens marginalizados à sociedade, destacou Fabrícius.

#origens #grupo #projeto #votação

7 visualizações

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now