Secretaria de Saúde de Mesquita faz atendimento ao câncer de mama


A prefeitura faz todos os encaminhamentos, desde a primeira consulta ou exame, até o tratamento ou procedimentos necessários

Legendas: Local de atendimento na Policlínica Municipal - CEMCAM

De segunda a sábado, das 7h às 17h, a secretaria de Saúde de Mesquita atende mulheres e homens sob suspeitas de câncer de mama. Em casos de atendimento na Clínica da Família, podendo chegar até as 20h. Através do Centro de Regulação de Exames da prefeitura, são realizados mais de 400 agendamentos por mês para o tratamento.

Para ser atendido, basta sentir sintomas da presença da doença e se dirigir a uma das unidades de saúde mais próxima do bairro ou da rua onde mora. Ou para fazer exames de rotina de 2 em 2 anos. Em caso de confirmação, o paciente é encaminhado aos procedimentos necessários ao tratamento.

Coordenadora da Atenção Básica de Saúde de Mesquita, Tayllany Zimmerer Silveira destaca as recomendações do Ministério da Saúde (MS) em que a mulher deve procurar o médico.

“O aparecimento de nódulo (caroço) é um dos sintomas mais comuns do câncer de mama. É geralmente sem dor, duro e de forma irregular. Mas existem tumores que são consistência branda, globosos (arredondado) e bem definidos”, frisa. Além disso, o surgimento de sinais como edema (inchaço) na pele, semelhante à casca de laranja, retração cutânea, dor, inversão do mamilo ou hiperemia (aumento do volume de sangue e determinada parte do corpo), além de descamação ou ulceração do mamilo ou secreção papilar, especialmente quando é unilateral e espontânea.

Tayllany Silveira orienta que os homens devem procurar a unidade quando tiverem alguma suspeita e seguir as recomendações dos profissionais de saúde. Ela ressalta que as mulheres devem fazer o exame de 2 em 2 anos, conforme orientação do Ministério da Saúde, para rastreamento e prevenção do câncer de mama. Segundo a diretora da Central de Regulação de Exames, Helen Matos, o setor registra em média mensal, 435 pacientes agendados para tratamento e procedimentos. “Já senti dores e suspeitei de caroço. Fui à Clínica da Família aqui de Mesquita e não era nada”, comenta seu Jaci Pereira, 60 anos. “Em Mesquita tem todo tipo de exame na saúde. Minha filha teve problemas. Foi ao médico no posto da prefeitura, descobriu o tumor no início e foi curada. O prefeito cuida da saúde. Aqui em casa todos adoram Jorge Miranda por isso”, desabafa dona Hermelinda Moreira, 70 anos.

O secretário de Saúde de Mesquita, Dr. Emerson Trindade, explica que o primeiro atendimento acontece na unidade de saúde. Em caso de suspeita a pessoa deve procurar a unidade de saúde mais próxima de onde mora, entre 7h e 17h. Se for a Clínicas da Família, que também funciona aos sábados, o atendimento é feito até as 20h – além de alguns setores da Policlínica, como o Centro de Especialidades da Mulher, Criança e Adolescentes de Mesquita (CEMCAM). Dependendo da observação médica, a pessoa é encaminhada para exame de mamografia.

Conforme o resultado, o paciente segue para novo exame de mastologia, na Policlínica Municipal, na Avenida União, 676, no bairro Santa Terezinha – em frente a Clínica da Família, a ser inaugurada, no prédio do antigo hospital São José. Ainda de acordo com o Dr. Emerson, se confirmado o câncer de mama, a Central de Regulação de Exames agenda o paciente para os procedimentos necessários em rede hospitalar especializada.

Índice no Brasil

No ano passado, o Brasil registrou 59.700 novos casos de câncer de mama em mulheres. A previsão do Instituto Nacional do Câncer - Inca, para 2020, é de que a doença passe dos 70 mil casos. Nos homens, com idade entre 40 e 60 anos, o índice de câncer de mama é de 1%, com menos de 200 mortes registradas no ano passado. Estudos feitos através do Ministério da Saúde demonstram que o câncer de mama, ao ser detectado precocemente, ajuda na redução da mortalidade e melhora a sobrevida do paciente


15 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now