Câmara convoca secretários municipais para prestar esclarecimentos sobre ações contra a Covid-19


Secretário de Saúde, Elton Teixeira, presidente da comissão de saúde, vereador Wilsinho Três Fontes e o vice, ver. Antônio Almeida.

A Comissão de saúde da Câmara Municipal de Queimados formada pelos vereadores Wilsinho Três Fontes (presidente) e Antônio Almeida (vice), convocou na última quinta (23), os secretários municipais de saúde e ordem pública para apresentação de relatórios de ações de combate contra a Covid-19 na cidade. A sessão foi divulgada em tempo real com exclusividade pelo canal de notícias Minha Baixada. https://www.facebook.com/watch/?v=611855633096608


O primeiro secretário a apresentar o relatório foi o de saúde, Elton Teixeira, mediante a preocupação da comissão de saúde com o ligeiro aumento do número de casos depois da flexibilização. Segundo o boletim epidemiológico divulgado na última semana, a cidade conta com 1.988 casos confirmados do novo coronavírus. O número de óbitos confirmados também aumentou para 43. Deste total, 81 pessoas ainda apresentam o vírus ativo no corpo. No boletim de sexta (25) havia 11 leitos ocupados por pacientes em tratamento do Covid-19. Deste total, quatro pessoas estavam utilizando o respirador. Outros nove leitos estavam disponíveis para a população.


Na quinta o número era mais alto e segundo relatório apresentado pelo secretário existiam 12 pessoas internadas no hospital de campanha instalado no CETHID (Centro de Tratamento de Hipertensos e Diabéticos) da cidade, dois pacientes estavam no respirador. O hospital está atuando com com um pouco mais de 50% de sua capacidade.


Ainda no mapa de infecção pelo vírus na cidade, publicano no dia 20 de julho pela assessoria de comunicação, mostra que entre os bairros onde encontram-se mais casos de infectados estão: o centro da cidade de Queimados com 365 casos, seguido pelo bairro Ponte Preta, às margens da Estrada do Lazareto, segundo maior centro comercial da cidade com 142 casos. Em terceiro lugar está o bairro Valdariosa com 125 casos confirmados e o bairro do Carmo com 111.


No entanto, no relatório apresentado pelo secretário os números são maiores. De acordo com a tabela de infecção apresentada pelo secretário, os cinco bairros com maior registro de casos no município até a presente data eram: o centro com 372 casos, seguido por Ponte Preta (144) casos, Valdariosa (128), Carmo (114), São Roque (106), Vila do Tinguá (97), Fanchen (94), Santa Rosa (90), e Vila São João (88). Totalizando 62% dos casos de Covid-19 na cidade. Também há registros nos outros 32 bairros de Queimados.




Veja a relação de contágio por bairros no mapa abaixo que está publicado no site da prefeitura de Queimados


Relação apresentada em audiência pública pelo secretário municipal de saúde, Elton Teixeira:



Ainda segundo o secretário de saúde, mesmo com a ligeira elevação dos casos na 20ª semana, a perspectiva é de um declínio dos casos na última semana de julho. No relatório o secretário também informou que realizou 20 mil testes rápidos na população, o que fez com que elevasse o número de casos divulgados.


O relatório apresentado pelo secretário municipal de saúde de Queimados também revela que 47% dos técnicos ou auxiliares de enfermagem foram contaminados pela Covid-19. Outros 12% foram de profissionais de segurança pública (policiais militares, civis, bombeiros, guardas municipais entre outros), 13% foram enfermeiros, e 19 de outros profissionais de saúde. Ou seja. 88% dos funcionários da saúde de Queimados foram contaminados pela Covid-19, sem registros de óbitos.



Secretário de Segurança e Ordem Pública é questionado por falta de respeito aos vereadores



Eneas costa, ver. Wilsinho Três Fontes e ver. Jackson (blusa azul)..

As reclamações dos vereadores ao secretário Municipal de Segurança e Ordem Pública, Enéas Costa, foram quanto à sua postura diante dos vereadores ao solicitarem sugestões de vistorias em pontos de aglomerações na cidade. Na última sessão de quarta (22), os vereadores Cacau Nogueira (PSDB) e Getúlio de Moura (PDT) apresentaram moção de repúdio ao secretário por conta de uma possível postura desrespeitosa aos mesmos.


Entre os questionamentos dos vereadores está a falta de critérios do secretário na interdição de alguns comércios em detrimentos de outros, fato altamente negado pelo secretário que diz estar seguindo à risca o que determina o decreto de flexibilização publicado pelo prefeito Carlos de França Vilela, mas observa que se em algum momento foi injusto, pede desculpas.



Uma publicação sua nas redes sociais também causou repúdio por parte de um dos vereadores que fez questão de ler na tribuna e mostrar ao secretário que tal atitude não deve condizer com o cargo que ocupa. “Esta postura truculenta e desleal com os cidadãos de bem. “Tem comerciante sendo tratado como bandidos, enquanto aglomerações não estão sendo coibidas”, ressaltou o vereador Getúlio de Moura.



A carta do secretário deixa claro que não haverá tolerância para a desobediência e desacato, sobretudo, no que tange ao Artigo 268 do Código Penal. Enéas, relata que sofreu e vem sofrendo muito desacato por parte dos cidadãos que não estão respeitando as regras de flexibilização. “Eu não posso multar, o que faço é orientar o cidadãos para os riscos de contágio, no entanto, muitos não estão revendo suas atitudes e agindo de forma insana”, relatou.


46 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now