Lutador de jiu-jitsu e taekwondo perde uma perna depois de ter covid-19


Na lição de vida que foi conhecer hoje o pai da Amanda, Sr. Fred. Ele perdeu a perna por conta da Covid-19, mas esbanja disposião para seguir em frente e continuar criando seus filhos.... Quanto à perna; ele até quer de volta, mas a sua vida não toenou-se menos importante por conta disso.


Fredie conta que vai votar no próximo domingo (15) de novembro. "Continuo lutando para melhorar a vida de meus filhos e minha cidade", disse empolgado. Será outra luta neste dia com a falta de acessibilidade de seu bairro e de seu local de votação que fica no segundo piso de uma escola municipal que não tem rampa de acesso.


Frederico de Jesus Rosa, 45 anos, morador de Austin, Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, foi diagnosticado com covid-19, ficou 20 dias internado e 10 dias em coma. Através da covid-19, descobriu que sofria de uma dificuldade de coagulação sanguínea que agravou-se levando a uma trombose grave que o fez perder parte da perna direita, conta. " Esse vírus ataca as partes frágeis do nosso organismo e o Covid-19 descobriu essa fragilidade no meu coração que gerou essa trombose que me fez perder a perna e quase perder a vida", destaca.


Sua filha Amanda de 18 anos conta que avó teve covid-19 e mora em outro estado, a mãe foi socorrer a avó e o pai também adoeceu três dias depois e ela teve que cuidar de tudo sozinha, inclusive da cirurgia do pai e do irmão de 5 aninhos de idade. " Foi uma luta muito grande ter que cuidar do meu irmão mais novo e ainda autorizar a amputação da perna do meu pai que sempre foi atleta e sempre fez muitos exercícios físicos. Fiquei com medo de como ele reagiria a este procedimento mas ele como sempre, surpreendeu a todos com a sua disposição e o seu amor pela vida acima de tudo. Os médicos já não davam mais nada pelo meu pai mas ele reagiu e saiu do coma e retirou até os tubos sozinho. Foi incrível", lembrou emocionada.


Fredie era lutador de jiu-jitsu e taekwondo, já ganhou vários campeonatos estaduais mas hoje só pode andar de muletas. Para sustentar a familia ele concerta computadores.

Antes da doença, Fred estava construindo a sua academia para dar aulas de Taekwondo e jiu-jitsu e ele sonha em retornar esse projeto. Fredie está fazendo uma vaquinha online para tentar comprar uma prótese.


"Essa vaquinha destina-se a minha reabilitação, prótese e custos de transporte para que eu realize o sonho de voltar a andar e futuramente voltar a lutar.


Fui vítima do Covid-19 em junho, fiquei em estado grave, com 45% de saturação, em coma e internado por 22 dias. Tive uma trombose na perna direita, e apesar de ter sido submetido a cirurgia de trombose, a circulação sanguínea não voltou para metade da minha perna.


Acordei do coma dia 23/06/2020, no meu aniversário, e a esse ponto minha perna estava em estado de gangrena, e no dia seguinte fui amputado.


Tive alta do hospital no dia 04/07/2020, graças a Deus, as orações de meus familiares, amigos e conhecidos, e a equipe médica extraordinária que cuidou de mim. Voltei para os braços da minha família, esposa e filhos (18 anos e 5 anos de idade), com uma vida totalmente diferente, e com muita esperança.


Tenho vivido com muita força, garra, me adaptando a vida nova, sobretudo muita gratidão por estar vivo, e com o sonho de andar novamente.

Venho pedir a vocês ajuda financeira pois não posso arcar com os custos de uma reabilitação.


Sempre fui uma pessoa ativa, desenho, cozinho, conserto computadores, tinha voltado a praticar Taekwondo há um ano, estava bem perto de conseguir minha faixa preta e quero muito realizar esse sonho". Relatou.


Para ajudar a comprar a prótese que custa R$ 65 mil reais, atraves da "vakinha online" bastar entrar no link: https://www.vakinha.com.br/.../protese-e-reabilitacao...

A ajuda também pode ser através de transferência bancária:

077 Banco Inter (Intermedium)

Ag: 0001

Cc: 1950079-3

Frederico de Jesus Rosa

Ou

260 - Nu Pagamentos S.A ( Nu Bank)

Ag: 0001

Cc: 70115959-7

Frederico de Jesus Rosa

Ou

001 Banco do Brasil

Ag: 0081-7

Cc: 116683-2


assista a entrevista aqui

35 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now