MPF recomenda anulação de portaria do ICMBio que fragiliza a proteção da Rebio Tinguá


Documento alerta para retrocesso na política de conservação ambiental no RJ e esvaziamento do quadro de recursos humanos e materiais na reserva biológica da Baixada Fluminense, com impactos na fiscalização da unidade


O Ministério Público Federal (MPF) na Baixada Fluminense recomendou ao Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) que declare a nulidade da Portaria 426/2020 e exclua a Reserva Biológica (Rebio) do Tinguá do Núcleo de Gestão Integrada (NGI) de Teresópolis.


O NGI Teresópolis foi criado em 11 de maio pela portaria para fazer a gestão integrada de cinco unidades de convervação: PARNA da Serra dos Órgãos; APA de Petrópolis; REBIO do Tinguá; APA de Guapi-Mirim; e ESEC da Guanabara. O MPF argumenta na

ecomendação que o NGI será gerido com base na totalidade de sua extensão territorial, afastando a especialização atualmente existente com foco nas particularidades de cada unidade de conservação federal. Com isso, todos os servidores lotados nas unidades de conservação que o integram serão centralizados em um local distante da área protegida.



A recomendação também lembra que a chefia da Rebio Tinguá foi contrária ao manejamento, citando, entre outros argumentos, que o custo de manutenção da sede é baixo frente à área de 24,8 mil hectares fiscalizada, na qual estão 84 espécies de vertebrados e plantas ameaçadas de extinção, entre elas a jacutinga e o muriqui. Por isso, o MPF recomenda que o ICMBio considere os argumentos apresentados pela chefia da unidade para garantir o funcionamento adequado da Rebio em sua sede. Atualmente, há diversas ações judiciais que ressaltam a necessidade de reforço da estrutura da Rebio, e não o contrário


“Atualmente o REBIO do Tinguá já exerce com dificuldade sua atribuição fiscalizatória, ante o baixo número de servidores no local em contraste com os 24 mil hectares a serem protegidos”, sustenta o procurador da República Julio Araujo, que assina a recomendação. “A criação do NGI ICMBio Teresópolis, nos moldes propostos, não contribui para a conservação da biodiversidade e representa um grande retrocesso na política de conservação do Rio de Janeiro”, afirma o procurador.

A recomendação ainda mostra preocupação com o fato de que a edição da portaria converge com a manifestação do Ministro do Meio Ambiente em reunião de 22 de abril, amplamente divulgada em 23 de maio , de que é necessário “passar a boiada” e “desregulamentar” a proteção ambiental enquanto a sociedade está concentrada no combate ao coronavírus. Com isso, o MPF pede que o ICMBio adote um procedimento administrativo capaz de assegurar um debate plural, técnico e amplo sobre o tema, tendo em vista as implicações que a mudança de estrutura acarreta para a proteção do meio ambiente e o descabimento de essa discussão ser levada a cabo em meio a uma pandemia.

2 visualizações

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now