Primeira sessão do ano da Câmara Municipal de Queimados durou mais de 3 horas


A primeira sessão do ano na câmara municipal de Queimados contou com 115 indicações legislativas, além de vários requerimentos ao poder executivo e projetos de resolução. A Sessão durou mais de três horas e a maioria dos vereadores foi à tribuna abrir seus trabalhos no poder legislativo com base em suas bandeiras de luta.



O vereador que mais apresentou indicações foi o veterano Wilsinho do Três Fontes (40), seguido por Julio Coimbra (16) e Eliezer (16), Cintia Batista (11) e João Pedro (7). Mas foi na tribuna que os vereadores mostraram que este ano será de muitas cobranças. Já tem pedido protocolado para uma nova audiência pública na educação e outra na cultura.


Na tribuna estavam dois secretários do governo Glauco Kaiser, Romulo Sales, que cobre a cultura, esporte, lazer e turismo e o secretário Felipe Azevedo do Centro Integrado de Operação e Segurança e futuro secretário de governo como anunciado em primeira mão nesta sessão da câmara. Ele não afirmou esta notícia.



O primeiro a abrir a tribuna foi o vereador, Antônio Almeida líder do PSC na casa, entre seus destaques está a saúde, onde ele atua como presidente da comissão na casa.”Se não tem prevenção o custeio da saúde sai caro. Precisa de saneamento básico para diminuir as doenças. O marco legal do saneamento básico precisa ser discutido com urgência nesta casa.”, destacou. O vereador também destacou a importância de se preocupar com os cerca de 20 mil surdos na cidade que estão sem acessibilidade aos serviços público por falta de uma qualificação para intérpretes de libras. Antônio ainda pautou outros assuntos referentes à educação como as novas matrículas e a atenção maior a educação de jovens e adultos.



O vereador Júlio Coimbra, lembro de sua passagem pela secretaria de esporte e lazer e destacou alguns problemas que precisam ser resolvidos por lá, deixando seu recado diretamente para o secretário Romulo que se fez presente na sessão. “Estive aqui em 2017 como vereador mas depois fui para a secretaria de esportes e hoje quero falar especialmente com o Rômulo sobre a pasta do esporte onde estive por tantos anos. Quero pedir para que olhe por aquele espaço que atende mais de duas mil pessoas diariamente. Nos horários de pico aquilo lá ficava lotado antes da pandemia. Espero que entreguem a piscina que será mais um importante equipamento”, destacou. Ele ainda pediu para terem maior zelo pela academia a céu aberto localizada no centro da cidade, que está abandonada durante a pandemia e pediu para viabilizar o retorno das atividades já que as academias privadas já retornaram com suas atividades.



O ver. Elerson Leandro destacou que não pretende ser pedra de tropeço no caminho do executivo, mas que não deixará de realizar seu papel fiscalizador. “ Estou preocupado porque parece que Queimados está num Oasis no que se refere ao Covid. São se vê mais nenhum registro da doença na cidade. Já se fala até em fechar o hospital de campanha”, destacou.






João Pedro Lemos fez uma reflexão em nível nacional, mas destacou que a situação pode se agravar em nível municipal. “Existe uma PEC tramitando no Senado que pode acabar com os tetos mínimo de gastos na saúde, educação, por exemplo. Isso fragiliza ações voltadas nestas áreas”, observou. Ele ainda alertou sobre a importância de se abrir a escola técnica na cidade para qualificar os jovens. Também observou o grande número de obras públicas paralisadas.



A pastora e vereadora Ana Luz, também foi à tribuna para destacar que pretende trabalhar 24h pela cidade. “Estamos unidos para ajudar ao prefeito para que a população não fique sem ser ouvida e atendida. Estarei à disposição dia e noite”, ressaltou.




O ver. Antônio Chrisper (PROGRESSISTA), O Tuninho, agradeceu pela reeleição na mesa diretora, e fez um alerta aos secretários turistas que busquem mais informações sobre a cidade antes de realizarem atos que possam prejudicar os cidadãos. “Aos secretários que não conhecem a cidade, estamos aqui para auxiliar, basta querer ouvir”, alertou.




O ver. Jeferson Dias (PDT): destacou a presença feminina nessa legislatura e a alegria de voltar depois de quase 10 anos. “Comecei em 2004 junto com Paulinho e prof. Nilton que continuaram até hoje. Espero um brilhante trabalho de todos. Essa semana a câmara já mostrou a que veio. Minha bandeira é a educação. Fiz uma série de leis nos meus mandatos referentes a isso, como a lei em que as servidores que tivessem algum parente deficiente, pudessem trabalhar somente 50% da sua carga horária para dar mais atenção a este parente”, lembrou. Ele ainda protocolou como presidente da comissão da educação uma audiência pública”, destacou.



A ver. Prof. Cíntia Batista, parabenizou a ação do colega pela audiência em sua área, “Fico feliz pela sua defesa Jeferson pela educação porque sou professora há 16 anos e sei das necessidades nesta área. Agradeço a oportunidade de representar a periferia. Vila São João e Bairro Santiago, onde meus pais moram até hoje há mais de 35 anos. Hoje tive a honra de indicar a instalação das lixeiras e creches para estes bairros porque com o condômino Felicidade aumentou a demanda na região com mais de 4 mil habitantes neste bairro Parque Santiago”, relatou.



Outro veterano que voltou à câmara, o ver. Lúcio Mauro, fez questão de relembrar seus feitos em mandatos passados: “De 2013 a 2016 fui vereador e criei o primeiro estatuto da mulher do Brasil. Parceria é tudo na vida! Moro no bairro Santiago, jardim do trevo e conseguimos muitas melhorias para esta região como o Posto de saúde, escola técnica São João,o programa Minha Casa, Minha Vida ao lado, asfalto de todas as ruas do Jardim do Trevo, uma viatura da polícia militar permanente no Jardim do Trevo onde ocorriam muitos assaltos, quadra poliesportiva; muitas dessas ações foram através de parcerias com outros parlamentares através de emendas. Estou de volta e vamos continuar trabalhando ainda mais”, destacou. Ele também destacou a criação do projeto inicial que deu origem à central de monitoramento por câmeras da cidade. Sem projetos em discussão ou votação, a próxima sessão ordinária ficou marcada para a próxima quarta (3) de março de 2021. às 10h.

34 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now