Vereadores de Caxias derrubam monopólio das funerárias na cidade


Na primeira Sessão Extraordinária do mês de janeiro da Câmara de Duque de Caxias, realizada na terça-feira (19), foi aprovada por unanimidade pelos 25 vereadores presentes, a alteração da Lei 1.618/2001, referente à criação do Código de Usos, Funções e Posturas do Município, encaminhada pelo prefeito Washington Reis (MDB), por meio da mensagem nº01/2021.


Em parágrafo único, o artigo 161 da lei em questão, determina que a exploração dos cemitérios seja exercida através da permissão que será concedida após o processo licitatório. Já o art.163, solicita manter todas as instalações em boas condições de uso para os funcionários e usuários - inclusive das capelas - das permissionárias de serviços de cemitérios.


O líder do governo na Câmara, vereador Valdecy Nunes (Patriota), também compôs a Mesa e explicou a vontade do prefeito de acabar com a exploração dos cemitérios da cidade feita, atualmente, por uma única empresa funerária. “Qualquer empresa do segmento que queira vir para o município poderá participar do processo proposto pela Prefeitura e, consequentemente, o monopólio da empresa atual acabará, uma vez que ela é a única que presta este tipo de serviço e estipula tudo o que querem. Dessa forma, os órgãos públicos não conseguem oferecer um serviço digno para a família de um falecido. Com essa alteração, as empresas que quiserem se instalar na cidade, passarão a exercer serviços funerários para a população”, explicou Valdecy.


Na Tribuna, o vereador Júnior Reis (MDB) explanou sua vontade de aprovação de uma lei que beneficiará a população caxiense. “Desde quando eu entrei, em 1997, a classe política de Duque de Caxias tenta combater essas funerárias, inclusive esta que, de forma não muito democrática, se instalou aqui no município. Nós estamos sempre buscando o melhor para a nossa população”, disse ele.


Na mesma Sessão, os vereadores aprovaram , por unanimidade, o Projeto de Lei nº02/2021 que estabelece a regulamentação das ações da Funerária Pública Municipal (FPM) em um departamento localizado dentro da Prefeitura, uma vez que é vinculada à Secretaria Municipal de Governo. Os dois Projetos de Lei seguem para a sanção do Executivo.


7 visualizações0 comentário

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias

           “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
             SIGA-NOS
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now