Projeto Prosseguir quer corrigir distorção série-idade de alunos em Belford Roxo

October 4, 2018

No dicionário, prosseguir significa “dar seguimento a”, “levar adiante”. Em Belford Roxo, prosseguir é o sinônimo de estudar, pois a Secretaria Municipal de Educação implantou o Projeto Prosseguir, que tem como finalidade corrigir a distorção série/idade de 950 alunos do 2º ao 9º ano de escolaridade. São 34 turmas distribuídas em 26 escolas municipais. No Prosseguir, dependendo do desempenho, o aluno pode cursar, em média, duas séries em um ano. As linhas gerais do projeto foram desenvolvidas pelo secretário-adjunto de Educação, Marcos Villaça.

 

De acordo com a chefe de Divisão de especialistas e a chefe de Divisão de Ensino Fundamental da Secretaria de Educação, Fernanda Capillupi e Simone Ramos, respectivamente, no início deste ano foi feito um levantamento onde verificou-se, em alguns casos, que chegava a 60% a distorção série/idade. “Os alunos ficarão em turmas específicas, facilitando assim o aprendizado”, resumiu Cappillupi, acentuando que o Ciep Municipalizado Vinícius de Moraes e a Escola Municipal Belford Roxo, por terem diversas turmas, concentram o maior número de alunos com defasagem escolar.

 

Um censo realizado feito pelas escolas e acompanhado pela Secretaria de Educação mostrou que entre as principais causas da distorção está a dificuldade de alunos que não conseguem escrever e ler. Somam-se a isso também as questões da violência e evasão escolar. No segundo segmento (6º ao 9º ano) essa distorção é mais acentuada, pois os alunos ficam mudando de escola. Em muitos casos eles não têm nenhum tipo de acompanhamento familiar.

 

Avaliações bimestrais

A montagem das turmas foi feita após uma avaliação realizada por orientadores, que traçaram o perfil dos alunos. O material utilizado em sala de aula foi produzido pelo Departamento de Ensino da Secretaria de Educação, facilitando assim, a inclusão de conteúdos específicos. “No Prosseguir faremos também avaliações bimestrais. No total, são 214 professores envolvidos no Programa”, resumiu Fernanda Capilluppi.

 

O secretário municipal de Educação, Denis Macedo, lembrou que ao assumir o cargo, em 2017, encontrou um quadro adverso com alunos desestimulados e a um passo da evasão escolar. “Desde então todos os nossos esforços tem se concentrado na alfabetização na idade certa. Mas não poderíamos deixar para trás aqueles que estão em defasagem pelo descaso das administrações anteriores. O Projeto Prosseguir vem para dar resposta a esse desafio. É um projeto nascido em nossa rede e que certamente contará com o comprometimento de todos os profissionais de ensino”, avaliou Denis Macedo. 

 

Escola Municipal Heliópolis

Na Escola Municipal Heliópolis, por exemplo, 18 alunos participam do projeto Prosseguir.  De acordo com as orientadoras pedagógica e educacional da unidade, Daniele Oliveira e Adriana Guerra, respectivamente, e a professora Dayana Carolina Souza Oliveira Melo, ao realizar o projeto, notou-se a mudança no comportamento dos alunos e também na autoestima.  “Os alunos eram dispersos e não se interessavam pelo estudo pelo fato da distorção série/idade.  Com o passar o tempo, fomos modificando esta realidade e agora notamos que eles estão mais interessados e com nova perspectiva de vida”, explicaram.

 

A diretora da unidade, Janete Guimarães, falou da importância do projeto para os alunos. “Estamos superando os resultados esperados. Notamos várias mudanças tanto no interesse pelo estudo, quanto com o comportamento.  Ficamos contentes em ver a alegria dos nossos estudantes”,  frisou a diretora.  Alunos do 5º e 6º ano, Lucas dos Santos de Jesus, 15 anos e Sthefani Eduarda, de 13, estão gostando muito dos estudos. “Minha consciência aumentou e valorizo a importância do ensino”, disse Lucas. “Meu comportamento mudou, pois recebemos muita ajuda dos professores. Isso melhorou meu aprendizado”, completou Stephani.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270