XVII EncontrArte estreia em Nova Iguaçu com casa cheia

November 11, 2018

A sexta feira, 9, foi marcada pela estreia do XVII Encontro de Artes Cênicas da Baixada Fluminense, o Festival EncontrArte. Durante a manhã, o espetáculo que abriu o evento foi a peça “Era uma vez um tirano”, adaptada da obra de Ana Maria Machado que conta a história de um tirano que resolveu mudar tudo num a pacata cidade onde as pessoas viviam felizes até então. O espetáculo é apresentado peça Cia Cerne, que tem sede também na Baixada, em São João de Meriti. 
 

 

Durante a noite do mesmo dia, nem a chuva foi capaz de espantar os espectadores, que aguardavam ansiosos pela apresentação do espetáculo “Terra Oca”, da rede UniCirco Marcos Frota. Muitas pessoas aguardavam ansiosamente pela entrada do teatro, entre elas famílias, amigos e casais. Logo na abertura, a direção do SESC Nova Iguaçu anunciou o retorno das atividades odontológicas na cidade, que havia parado no ano passado, além da reabertura da lanchonete. Durante a abertura também foi prestada uma homenagem ao ator e trapezista Marcos Frota, pelos 40 anos de carreira no circo, na TV e no cinema. Emocionado, Marcos agradeceu aos presentes com belas palavras de motivação à imaginação, ele contou também com a presença da filha Emily que, junto com o pai, divertiu a plateia. 
 

 

Ao abrir das cortinas, o espetáculo circense “Terra Oca” encantou a casa que não tinha poltrona vazia, tirando muitas palmas e sorrisos. O espetáculo conta com música ao vivo, trapézio, malabarismo e muito mais. São mais de 30 artistas de todas as idades que prendem a atenção do início ao fim. Todas as idades mesmo, visto que o ponto alto do show foi o trapézio espetacular feito por dois idosos, a plateia foi à loucura. Marcos Frota encerrou o show chamando no palco todas as crianças que estavam presentes na casa e enchendo o ambiente de alegria com palavras dos pequenos.

 

Na manhã do dia 10 foi a vez do espetáculo “Contando e Recontando Sonhos”, que fala sobre o novos jeitos que uma companhia de teatro arruma para atingir o público, recriando clássicos da literatura universal como Chapeuzinho Vermelho, Cinderela, Cachinhos Dourados e Três Porquinhos. A peça é apresentada pela companhia Villelarte, de Nova Iguaçu. A noite, às 19h, o espetáculo “Se vivêssemos em um lugar normal” conta a história do olhar de um garoto pobre sobre problemas sociais como violência e corrupção, da Cia. Teatral Milongas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270