Começam os ensaios técnicos da Beija-Flor em Nilópolis

January 25, 2019

 

A Prefeitura de Nilópolis, por meio da Comissão Municipal de Festejos, realizou na noite desta segunda-feira (21), uma reunião com os representantes do G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis para alinhar os trabalhos e preparativos para o ensaio técnico da agremiação que irá ocorrer nos dias 27 de janeiro e 17 de fevereiro no município, a partir das 20h. Ficou definido que os integrantes da azul-e-branco nilopolitana ensaiarão na Avenida Mirandela, percorrendo o trecho entre as ruas João Evangelista de Carvalho e Zezinho, no Centro.

 

"Estamos fazendo essa parceria com o G.R.E.S. Beija-Flor para retomarmos uma tradição no município que são os ensaios técnicos nas nossas ruas. O povo nilopolitano poderá ver de perto um pouco do que agremiação irá apresentar na Marquês de Sapucaí. Será também uma grande oportunidade de podermos testar o esquema que estamos preparando para o Carnaval 2019", disse o prefeito Farid Abrão.

Esquema de trânsito 

Os motoristas devem ficar atentos aos bloqueios que serão feitos na Avenida Mirandela. O trecho da via entre as ruas Roldão Gonçalves e Zezinho ficará interditado das 17h às 23h, assim como as vias que lhe dão acesso. Já o trecho entre as ruas Getúlio Vargas e Zezinho terá seu sentido de mão invertida, de forma a facilitar o acesso à UPA 24h JK. Agentes de trânsito estarão nas ruas orientando os motoristas.

A segurança contará com a presença de guardas municipais e policiais militares. Ambulâncias também estarão de prontidão ao longo do percurso, bem como funcionários da Secretaria de Serviços Públicos irão atuar para manter a limpeza do local. 

Também participaram da reunião, o secretário de Cultura, Antônio Carlos da Costa; o subsecretário de Cultura, Manoel Félix; o coordenador interino de Ordem Pública, Gessé Cintra; a Superintendente Operacional da Secretaria de Segurança Pública, GCM Amanda Cristina Porto; a comandante da Guarda Civil Municipal, Vivian Freire; o subsecretário de Turismo, Edson Costa da Silva; além do secretário de Cidadania e Direitos Humanos, Álvaro Ramos.

 

Enredo de 2019 vai contar as fábulas do Beija-Flor com o enredo "Quem não viu, vai ver... as fábulas do Beija-Flor".

 

Entre as muitas viagens do Beija-Flor, o pássaro irá contar um pouco do que viu pelo mundo, relembrando a importância dos costumes, peculiaridades e tradições da humanidade. O pássaro também testemunhou a criação do mundo na tradição Nagô e às Pretas-Velhas, rompeu fronteiras e conheceu o berço de diferentes civilizações. Enfim reencontrou as Áfricas de lutas e de glórias – do baobá da vida de Ilê Ifé à irmandade do conto do griô, negro na raça, no sangue e na cor. fazendo um grande apelo ao resgate das raízes africanas do Brasil. Audacioso pássaro pequenino se fez gigante, ao propor reflexão social, ao soltar o grito de liberdade, o clamor por igualdade.

 

Em suas viagens e revoadas, o pequeno pássaro alerta ainda, para a utopia de um Brasil livre da ganância nociva que há por baixo dos panos, ninho de famintas serpentes, onde ratos e urubus, trepados no cangote do povo, fingem não entender que todo mundo nasceu nu, e que saco vazio não pára em pé. 

 

A possibilidade de fazer uma releitura de desfiles memoráveis, alguns considerados mesmo antológicos, leva a atual campeã que vai comemorar os 70 anos de história na Avenida,  a propor uma reflexão social, ao soltar o grito de liberdade e o clamor por igualdade. O samba foi desenvolvido por Cid Carvalho, Victor Santos, Bianca Behrends, Leo Mídia e Rodrigo Pacheco. 

 

SINOPSE

 

Uma lágrima sentida caiu dos olhos da Vovó, lembrando imagens de crianças e do velho tempo que passou. Olhem o céu que maravilha! Retalhos de nuvens, bordados de estrelas… Iluminada pelo sol da meia-noite, a natureza vem mostrar sua beleza.

 

Pela porta da imaginação, galopando em cavalos alados, chegamos ao País das Maravilhas. Recebidos por soldadinhos de chumbo, entramos na floresta onde os animais falam e as plantas cantam; tudo neste mundo é encantado! Com o despontar da primavera, tirem do passado a nobreza, e do futuro, a magia da surpresa! Criem a mais linda fantasia, delirem no  universo fantástico deste canto de emoção! Não chore não Vovó, não chore não! Veja quanta alegria dentro da recordação!

Hoje, novamente sou livre, sou criança Beija-Flor; nessa bela fantasia, brindando à vitória do amor! Pousarei nos luxuriantes Jardins das Delícias onde repousa o gigante em berço esplêndido.

 

Celebrarei os donos da terra, sua cultura, suas lendas e seus rituais mágicos. Lavarei a alma e matarei a sede nas águas do rio mar, acompanhado de Caruanas e Amazonas à luz do luar. Ensinarei a dádiva da preservação das nossas riquezas, que estão abaixo e acima do solo; e revisitarei diversos cantos e recantos desse torrão miscigenado. Ouvirei ainda poemas encantados de amor; renascendo nas águas de um paraíso hospitaleiro de onde se avista o sol primeiro. Me tornarei candango e calango na capital da esperança e, traçando o destino ainda criança, me transfigurarei em brilho de fogo sob o sol do novo dia.

 

Iluminado feito um festival de prata, subirei ao Orum sagrado dos Nagôs, e descortinarei a reluzente constelação das estrelas negras para resgatar as nossas diversas Áfricas: a de lá e as de cá. Guiarei um cortejo de reis, rainhas e guerreiros negros, aqueles que romperam grilhões e carregaram nos ombros, marcados pelas chibatas, a opulência do nosso país, mas que sempre ficaram esquecidos nas savanas da memória oficial. Então, lembrarei que o mundo deve o perdão aos filhos de ébano, àqueles que sangrando pela História, foram tratados como mercadoria pela cruel ganância da escravidão.

 

Recordarei a grandiosidade da nossa cultura, múltipla, diversificada. Sonharei com rei e acertarei no leão. Ouvirei novamente aquela inesquecível voz de cristal encantando corações; me emocionarei com a sensibilidade da Dama das Bromélias; reviverei um tempo que passou, uma lembrança que ficou, para encontrar, lá no Cachoeiro, o Rei ainda menino e; finalmente, quando o amor invadir as almas e a magia trouxer  inspiração, triunfará uma canção para embalar os corações.

 

Porém, entristecido, constatarei que não somos o Brasil das maravilhas. Verei que os trabalhadores mais humildes continuam carregando o peso descomunal dos impostos, enquanto os “donos do poder” se esbaldam em farras bancadas com dinheiro público. Serei mais uma vez o porta-voz dos excluídos contra as mazelas que corroem as nossas riquezas, por que faz parte da minha missão.

 

Retirarei das imensas lixeiras desse país, restos de luxo, convocando o povo para um grande Bal Masqué. Fazendo, da própria angústia, um grito de desabafo: ratos e urubus, larguem nossas fantasias! Chega de ganhar tão pouco, chega de sufoco e de covardia! Parem com essa ganância, pois a tolerância pode se acabar um dia! Oh! Pátria amada, por onde andarás? Seus filhos já não aguentam mais!

 

É bem verdade, Vovó, que de lá pra cá, tudo se transformou. Mas a vitória da folia ficou no encanto do meu povo, que brinca sambando quando samba a Beija-Flor!

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Quem somos

O Estúdio de Criação  foi criado como micro empreendedorismo Individual - MEI em 2010 número:  12.649.813/0001-96 tendo como diretora executiva a jornalista e radialista Dine Estela que atua neste mercado há mais de 20 anos.  

 

                                                                                         Canal de Notícias “MINHA BAIXADA”

Este é um dos canais de divulgação próprios da empresa “Estúdio de Criação -  MINHA BAIXADA” que consiste na produção de um site atualizado diariamente com notícias de toda a Baixada Fluminense. O site conta ainda, com colunistas que falam sobre diversos temas e ainda uma  TV WEB com matérias em vídeo, além da produção de um jornal mensal, formato tablóide estendido (tabloide americano)  com tiragem de 25 mil exemplares e distribuição gratuita em toda Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Diretora presidente: 

Dine Estela (jornalista responsável)

Diretor Comercial:

Fabrícius Custódio Caravana

(advogado)

Colaboradores:

Claudia Maria (jornalista)

Paula Menezes 

Alex  Soares

Professor Jorge Dahl

Leandro  Batista

Sheila Firmino

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Contato
minhabaixada@gmail.com
21970387270